A retração de agentes no mercado cafeeiro foi intensificada na semana passada, principalmente devido ao feriado de Finados, no dia 2

Insatisfeitos com os preços no físico, muitos vendedores voltam suas atenções às lavouras. Já os compradores consultados pelo Cepea reduziram suas aquisições, atentos aos estoques confortáveis nos países consumidores e à perspectiva de uma boa safra 2018/19.  

Nesse cenário, o Indicador CEPEA/ESALQ do café arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 449,09/saca de 60 kg nessa terça-feira, 7,  queda de 0,46% em relação à terça anterior, 31. Quanto ao robusta, estimativas de boa produção para a safra 2018/19 também têm diminuído o ritmo de negociação, pressionando as cotações no mercado físico.

Os preços da variedade também têm sido influenciados pelas quedas externas, que, por sua vez, estão atreladas à aproximação da colheita no Vietnã. Nessa terça-feira, 7, o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 fechou a R$ 357,90/sc de 60 kg, forte queda de 3,97% em relação à terça anterior, 31.

Fonte: Cepea

Veja também:  Agronegócio impulsiona mercado de máquinas e equipamentos

Comente esta matéria

%d blogueiros gostam disto: