A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) realiza de 4 a 7 de junho a 12° Semana do Meio Ambiente com o tema ‘Compartilhando responsabilidades – Estratégias para redução de desmatamento e queimadas’. A proposta do evento é promover diálogo com a sociedade sobre a importância de um modelo de econômico sustentável.

O objetivo do evento é possibilitar um trabalho conjunto entre Estado, sociedade civil, setor produtivo e Organizações Não-governamentais (ONGs) para o fim do desmatamento ilegal por meio de ações sustentáveis e conscientes. “Assumimos uma meta audaciosa e para alcançá-la precisamos ampliar a discussão e trazer cada mais parceiros para trabalhar junto com o governo”, explica o secretário de Estado de Meio Ambiente, Carlos Fávaro.

A superintendente de Educação Ambiental da Sema, Vania Montalvão, explica que o tema faz referência ao programa ‘Produzir, Conservar e Incluir’ (PCI), apresentado durante a Conferência do Clima (COP) em Paris pelo governado Pedro Taques, e também ao Plano de Ação de Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas no Estado do Mato Grosso. “A ideia de unir esses dois programas na discussão da Semana do Meio Ambiente surgiu da necessidade de fomentar o trabalho do Estado em zerar o desmatamento ilegal”, observa.

Inscrições

O Dia Mundial do Meio Ambiente é 5 de junho, mas a programação se estende durante uma semana com diversas atividades em Cuiabá. Para participar, os interessados devem se inscrever neste link e preencher o formulário. Ao fim da inscrição, estarão disponíveis dois cursos com 60 vagas cada. Se desejar participar de algum deles, os candidatos precisam selecionar uma opção e concluir a inscrição.

Veja também:  Com meta de zerar desmate até 2020, MT mantém corte da floresta quase estável

Programação

No dia 4 de junho (sábado), às 7h, a Sema realizará em parceria com a Assembleia Legislativa e outras entidades a limpeza do rio Cuiabá. A concentração será na ponte Júlio Muller.

No dia 5 de junho (domingo), às 8h, a comissão central da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) realizará a ‘Caminhada A3P – Cuidando da nossa casa’. A proposta é percorrer o Centro Político e Administravo e recolher resíduos encontrados no caminho. A concentração está marcada na Praça das Bandeiras.

No dia 6 de junho (segunda-feira), às 8h, será a abertura oficial da Semana do Meio Ambiente, marcada no Auditório Cloves Vettorato (Palácio Paiaguás). Com palestra a Secretário Executivo da Sema, André Baby, das 9h30 às 11h30, sobre as ‘Ações de Prevenção e combate para Redução Desmatamento’. Após o almoço, das 13h30 às 17h30, haverá os minicursos: ‘Cadastro Ambiental Rural: Uma oportunidade’, que ocorrerá no Auditório Governador Ponce de Arruda, e ‘A interferência da poluição da saúde’.

No dia 7 de junho (terça-feira) ocorrerá uma mesa-redonda (Auditório Cloves Vettorato) com o tema ‘Conexão de Saberes: Compartilhando responsabilidades socioambientais – Estratégias para a implantação do PCI’. Além das secretarias de Meio Ambiente (Sema), Desenvolvimento Econômico (Sedec) e de Agricultura Familiar (Seaf), participam dessa agenda o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) e a Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato).

Semana do Meio Ambiente

Veja também:  Segundo Maggi, problemas em carne rejeitada por EUA se devem à vacinação do rebanho

Em Mato Grosso, o evento foi instituído a partir da Lei n° 7937/2003, que é comumente realizada próxima ao dia 5 de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia. A criação desta data foi estabelecida pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1972, marcando a abertura da Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano.

Comente esta matéria

%d blogueiros gostam disto: