Definitivamente, a perspectiva de obter-se do ovo em janeiro corrente o mesmo desempenho de um ano atrás está definitivamente afastada

Pelo menos no mês. Pois na quarta semana de 2018 (21 a 27, seis dias de negócios), a cotação do produto desgarrou-se ainda mais da registrada em janeiro de 2017, já que permaneceu inalterada em relação à semana anterior.

Há, porém, clara tendência de ocorrer algum ajuste nesta semana, eventualmente antes da virada do mês. É que, de um lado, a oferta já está melhor ajustada à demanda. Do outro lado, chegou o momento de repor as dispensas, ou seja, as férias estão terminando e, embora gradativamente, a procura pelo produto deve aumentar.

De toda forma, o balanço (preliminar) do mês não é nada favorável ao setor. Consideradas as quatro primeiras semanas de janeiro, o ovo branco extra comercializado no atacado da cidade de São Paulo se encontra com um valor médio 13,29% e 17,25% inferior aos registrados em, respectivamente, janeiro e dezembro de 2017.

Fonte: Avisite

Veja também:  Ovos: Oferta começa a dar sinal de elevação

Comente esta matéria

%d blogueiros gostam disto: