GeralNotícias

“Agro da Gente” agora é Lei em Cuiabá-MT

Prefeito de Cuiabá sanciona a Lei que institui oficialmente o programa Agro da Gente. A primeira fase de infraestrutura já foi concluída pela Pasta na URT do Leite.

O prefeito Emanuel Pinheiro participou, neste sábado (14), do Dia de Campo e visita técnica a Unidade de Referência Técnica (URT), a URT do Leite, projeto-piloto que é desenvolvido pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico (SMATED), no sítio Nossa Senhora Aparecida, localizado no Assentamento 21 de Abril. Na oportunidade, o gestor assinou e sancionou a Lei nº 6.809/2022 que institui oficialmente o programa Agro da Gente. A normativa será publicada na Gazeta Municipal.

Ação experimental é desenvolvida pela Prefeitura de Cuiabá em conjunto com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (EMPAER-MT), na propriedade do casal de agricultores, Sérgio Barbosa e Rosenei de Souza, que atuam na produção de queijo e requeijão no município, beneficiários do primeiro certificado de adesão oficial da iniciativa, que tem como meta fortalecer a agricultura familiar e o empreendedorismo rural, por meio do uso da tecnologia viável, bem como a sustentabilidade, ambas aliadas às melhorias estruturais.

Vídeo: Conhecendo a URT do Leite

Pinheiro salientou que o projeto surgiu durante a pandemia, através da elaboração de políticas públicas voltadas às famílias que vivem no campo, possibilitando com que as ações do Poder Público chegassem até elas, oferecendo assim, condições e oportunidades para geração de emprego e renda para venda dos produtos, respectivamente.

Elas também precisam dos serviços da Prefeitura de Cuiabá. Por isso, o Agro da Gente é um patrimônio nosso e não poderia faltar as parcerias que são essenciais para o sucesso de um programa como este. Aqui não vai parar, e sim está sendo lançado, um caminho sem volta, um legado que vamos deixar para nossos sucessores, para que possam aprimorar ainda mais, encarando agricultura familiar da baixada cuiabana com outro enfoque, pois a pequena produção é potente e leva comida à mesa de todos os cuiabanos, mato-grossenses e brasileiros, dando condições, competitividade, melhorando a comercialização de tudo que aqui é produzido. É um olhar para frente, conhecendo o que há de melhor. Quero agradecer a todos os envolvidos. Meus parabéns“, destacou.

O chefe da secretaria, Francisco Vuolo, adiantou que a ação integra um dos eixos do ‘Pra Frente Cuiabá‘ e se estenderá a mais três comunidades, Coxipó do Ouro, Aguaçu e Estrada da Guia, identificando os produtores leiteiros, capacitando, qualificando e certificando cada um deles.

"Agro da Gente" agora é Lei em Cuiabá-MT

Vamos expandir esse modelo de URT, que ganhou estruturas como essa, a partir de um gado melhor, com toda assistência e parcerias necessárias. No caso do leite, estamos retornando a origem que Cuiabá sempre teve, como é o caso, fomentando a grande bacia leiteira, sendo, sem dúvidas, um dos pontos importantes de fortalecimento da economia e do homem do campo, o produtor de pequena propriedade. Entramos aqui, junto com as empresas particulares para poder dotar essa propriedade de investimentos, fazendo uma produção de custo menor, garantindo a competitividade e rentabilidade“, comentou.

Sérgio Barbosa teceu elogios a Gestão Emanuel Pinheiro e afirmou que o sentimento neste momento é de gratidão. “Quero muito agradecer o prefeito e a Empaer por tudo que eles fizeram por nós. Ninguém nunca nos tratou dessa forma tão especial. Agradeço ao Vuolo também que está nos dando essa mão“, disse.

O líder comunitário, Francisco Ferreira elencou que atualmente mais de 160 famílias vivem no local, ambos relataram, segundo ele, estarem otimistas com as mudanças promovidas pelo Executivo Municipal. “Meu desejo é que mais produtores sejam cadastrados. Parabéns ao Sérgio pela disponibilidade. Queremos crescer com dignidade e humanização, caminhando muito além, fazendo as coisas de fato acontecerem todos os dias“, acrescentou.

A primeira fase de infraestrutura já foi concluída pela Pasta na URT do Leite. A segunda consiste no fomento dos produtores da região para adesão ao programa, onde receberam suporte técnico e apoio logístico, por meio da capacitação e processamento e por fim, a certificação e comercialização da produção gerada aos supermercados da Capital, visando a ascensão da economia local.

Agro da Gente

Uma iniciativa oriunda da administração atual, o Agro da Gente vai atender mais de duas mil famílias, estimulando agricultura familiar, promovendo o crescimento da fabricação e autoestima dos pequenos produtores da cidade, atendendo quatro cadeias produtivas: aves, leite, frutas, legumes, verduras e peixes, levando tecnologia, apoio técnico, qualificação, insumos e recursos necessários aos assistidos, garantindo aos consumidores, alimentos certificados e com selo de qualidade.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
EspecialistasNotícias

Confira dicas para boas práticas de manejo de gado

NotíciasGeral

Centro de Treinamento Pecuário (CTP) atinge marca de mil cursos ofertados na bovinocultura de leite no Paraná

Mercado FinanceiroNotícias

Leite: déficit da balança comercial no Brasil foi menor desde 2016

CuriosidadesNotícias

Você sabia que o leite é o alimento mais consumido do mundo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.