NotíciasGeral

“Agro da Gente” – projeto de incentivo a cadeia produtiva de Cuiabá-MT agora é realidade

Com o nome bastante engajador, o “Agro da Gente” é uma inciativa da prefeitura de Cuiabá, executada pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, em parceria com as principais entidades representativas do agronegócio mato-grossense. Esta ação vai proporcionar qualificação técnica na produção rural e garantir incentivo ao desenvolvimento agroindustrial da capital Cuiabá.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

O lançamento do “Agro da Gente“, aconteceu no início desta semana (28), no auditório do Cenarium Rural e faz parte de mais uma ação do programa “Pra Frente Cuiabá“, implantada pelo prefeito Emanuel Pinheiro.

O AGRONEWS esteve presente e você pode assistir abaixo a cobertura do evento de lançamento.

https://www.youtube.com/watch?v=jJL7bEJ1z7c

Agro da Gente

Durante o evento de lançamento, o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro aproveitou a oportunidade para fortalecer o elo de união das entidades envolvidas no programa. “A união de esforços é capaz de mudar realidades. A união dos pequenos se torna um grande produtor. As palavras do secretário Francisco Vuolo na abertura do evento demonstram o foco de uma gestão humanizada e que quer preparar Cuiabá para o futuro, promovendo o desenvolvimento em todos os setores. Nós temos que dar apoio para que aqueles que sabem produzir possam produzir, comercializar e isso não se faz sem a parceria, sem a soma de esforços e tendo a prefeitura como fomentador. E aí que entram esse parceiros, esse dispositivo seleto de grandes homens e mulheres preocupados com o desenvolvimento de Cuiabá e do estado.”, agradece o prefeito de Cuiabá.

Dentre as ações que o Agro da Gente vai desenvolver estão: fortalecimento da agricultura familiar, qualificação técnica na produção do campo, incentivo à atividade da agroindústria, além de incentivo às cadeias produtivas do leite, peixe, frango e frutas, legumes e verduras.

Agro da Gente
Francisco Vuolo – Secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico

Para o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo, o “Agro da Gente” é a resposta para atender a demanda do setor produtivo cuiabano, pois vai potencializar a comercialização dos produtos provenientes da agricultura familiar e garantir trabalho e renda para os produtores de pequenas propriedades rurais. “Iremos fazer um trabalho para poder garantir o processamento destes alimentos, dar condições de poder ser comercializados estes produtos com selo de garantia, mas principalmente garantir ao produtor de pequena propriedade, as condições de produção em escala, com acompanhamento técnico, com as condições ideais de poder melhorar a sua condição de renda e principalmente garantir a fixação do homem no campo.“, explica Vuolo.

Parcerias

O Sistema Famato é parceiro deste projeto com ações desenvolvidas por todas as suas entidades. O presidente Normando Corral falou sobre o papel de cada instituição que forma o sistema. “Vamos firmar uma parceria entre a prefeitura e o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea). Já o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) vai contribuir com a parte de capacitação, qualificação e conhecimento para os produtores envolvidos neste projeto”.

Agro da Gente
Francisco Olavo Pugliesi de Castro – superintendente do Senar-MT

Segundo o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, popularmente conhecido como Chico da Paulicéia, será construído um centro de treinamentos dedicado à Agricultura Familiar para atender os pequenos e médio produtores. “Eu costumo dizer que temos pessoas que produzem em pequenas áreas e que podem ser grandes produtores, basta se qualificarem e exercerem a atividade com excelência. ”.

Chico lembrou ainda que a Baixada Cuiabana tem um grande potencial para a agropecuária. “Muitas vezes esquecemos disso. É uma região que tem uma grande produção de horticultura, fruticultura, piscicultura, bovinocultura de leite e várias outras cadeias produtivas. Temos que dar apoio a estes produtores para que aumentem a produção e com mais qualidade para permanecerem no campo”.

O superintendente do Ministério da Agricultura – MAPA, em Mato Grosso, José de Assis Guaresqui, parabenizou a iniciativa e reforçou o apoio do governo federal. “Esta é uma responsabilidade que a nossa ministra Tereza Cristina tem pedido para que a gente faça a nível de estado e logicamente aqueles municípios que são os polos, a gente faz uma intensificação maior. Os municípios então tem tido apoio do ministério e a gente vai continuar intensificando estas ações muito mais agora com o lançamento deste programa, que eu acho que vem trazer esperanças novas não só ao produtor, como também para nós que fazemos estas ações de desenvolvimento.“, disse o superintendente do MAPA.

Custódio Rodrigues, diretor Executivo da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) agradeceu o convite e esta confiantes nos resultados que serão alcançados com este programa. “Nós fomos procurados pelo secretario Vuolo e colocamos à disposição a Associação, e dentro das nossas expectativas isso pode melhorar muito essa suinocultura de fundo quintal, agregando para esses pequenos produtores justamente aquilo que nós buscamos, que é a parte econômica, trazendo divisas para o estado de Mato Grosso, para prefeitura, para Cuiabá e tirando esse cinturão de pobreza que nós temos, principalmente na Baixada Cuiabana. Que esta ação possa inserir todas essas pessoas na mudança e na melhoria da cadeia da suinocultura do nosso estado.“, comenta Custódio.

Assista abaixo o vídeo de apresentação do programa Agro da Gente:

Sobre o programa Pra Frente Cuiabá

Ações de infraestrutura, mobilidade urbana, fomento na geração de empregos, na produção do campo, resgate do turismo e valorização da cultura cuiabana se interseccionam para construir uma cidade cada vez mais sustentável, tecnológica, planejada e que proporcione qualidade de vida aos seus habitantes.

Nesse momento de uma onda de descrédito, provocada por uma pandemia nunca vista, esse programa investe no ser humano, é uma onda de otimismo e coloca para frente as pessoas que querem crescer. Parabéns prefeito Emanuel Pinheiro, vamos Pra Frente Cuiabá”, disse o vereador Mario Nadaf.

No Pra Frente Cuiabá, a proposta é organizar a cidade em polos e promover o desenvolvimento de forma linear e integrada, estimulando as capacidades de cada setor, se articulando também com a iniciativa privada e terceiro setor. O programa abarca cinco principais ações, já anunciadas: Sine da Gente, Enem Digital 5.0, Qualifica Cuiabá, Cuiabanco e Agro da Gente.

Agro da Gente

Estiveram presentes na solenidade de lançamento o ex-governador Carlos Bezerra, o senador por Mato Grosso Wellington Fagundes, a procuradora-geral do Município, Juliette Caldas Migueis, os vereadores Juca do Guaraná Filho, Eduardo Magalhães, Rodrigo de Arruda e Sá, Sargento Vidal, representantes da FIEMT, Sebrae, Senar, IMEA, Sicredi, Famato, Empaer, ACRISMAT, Sindicato Rural de Cuiabá, Sicoob, Conab, Aprosoja. Além dos representantes das comunidades rurais do Aguaçú, Aricazinho, 21 de abril, Sangradouro, Marcolana.

Confira um pouco mais das cinco ações do programa Pra Frente Cuiabá:

  • Sine da Gente: Implantação de uma unidade móvel que atuará nos bairros para atender a oferta e demanda de emprego por região.
  • Enem Digital 5.0: Ensino no modelo híbrido; suporte técnico e personalizado; 2.000 alunos.
  • Qualifica Cuiabá: Programa da Secretaria de Assistência Social, em parceria com SESI, SENAI, SEBRAE e FECOMÉRCIO; desenvolver as habilidades dos cidadãos para o fomento na geração de renda para família; preparar a mão-de-obra para o mercado de trabalho.
  • Agro da Gente: Fortalecimento do apoio à agricultura familiar; qualificação técnica na produção do campo; incentivo à atividade da agroindústria; programa de incentivo para quatro cadeias produtivas: peixe, FLV (fruta, legume e verdura), frango e leite.
  • Cuiabanco: Linha de Crédito para o pequeno empreendedor com juros zero; PAA – Programa de aquisição de alimentos.

Por: Vicente Delgado – AGRONEWS BRASIL

AGRONEWS – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados