Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: cotações na Bolsa de NY seguem impulsionadas

algodão

As paridades de jul/22 e dez/22 registraram declínio no comparativo semanal, com baixas de 2,52% (R$ 226,21/@) e 4,06% (R$ 202,74/@), respectivamente, reflexo da desvalorização dos contratos futuros na bolsa de NY, que seguem com intensa volatilidade

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

A situação de seca no Texas, somada à retomada da atividade econômica em algumas cidades da China, impulsionam as cotações do algodão na Bolsa de Nova York. Contudo, às incertezas quanto à economia global, em conjunto com as expectativas de revisão nas taxas de juros do país norte-americano, têm pressionado o consumo dos derivados da fibra.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Por fim, é esperado que os preços mantenham esse movimento de instabilidade nas próximas semanas, uma vez que ainda existem variáveis indefinidas e que podem impactar as cotações da fibra, como a aproximação do fim do contrato jul/22 e as incertezas quanto a oferta mundial da pluma.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: confira o relatório de semeadura dos EUA

Diárias de Mercado

Algodão: indicador recua quase 9% nesta parcial de junho

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: Imea divulga o 1° relatório da colheita da safra 21/22 em MT

Diárias de Mercado

Algodão: diferença entre preços pedidos e ofertados limita negócios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.