Algodão: indicador se recupera em agosto

Após acumularem quedas por dois meses consecutivos, os preços do algodão em pluma voltaram a subir no Brasil em agosto, retornando aos patamares observados no fim de junho

Segundo pesquisadores do Cepea, essa recuperação esteve atrelada à posição firme de vendedores, que estiveram atentos às fortes valorizações dos contratos na Bolsa de Nova York (ICE Futures) e, parcialmente, da paridade de exportação. A baixa oferta no spot brasileiro, sobretudo de pluma de melhor qualidade, também reforçou o movimento de alta dos preços.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Ressalta-se que o beneficiamento no Brasil não chegou nem na metade, e agentes estão focados no cumprimento de contratos a termo. Alguns compradores com interesse em adquirir novos lotes ao longo do mês aumentaram os valores de suas ofertas para atrair vendedores.

No entanto, a disparidade entre os preços do algodão e a qualidade da pluma limitou a liquidez. Entre 23 e 30 de agosto, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, avançou 1,45%, fechando a R$ 6,7109/lp nessa terça-feira, 30. Na parcial do mês, o Indicador acumula forte alta de 12%.

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.