Algodão: menor produtividade em Mato Grosso

Segundo a estimativa do Imea para a safra 2021/22 do algodão em Mato Grosso, a área destinada à cultura está prevista em 1,18 milhão de hectares, aumento de 22,43% ante o ciclo 2020/21

No que tange à produtividade média do estado, está projetada em 265,29 @/ha, recuo de 1,13% e 4,46% quando comparada com a última previsão e a safra passada, respectivamente. Esse cenário de menor rendimento para a temporada é pautado pelas adversidades climáticas que afetaram algumas lavouras de Mato Grosso e impactou, principalmente, as regiões centro-sul e oeste.

Além disso, 44,79% da área total aguardada para o ciclo já foi colhida, e os registros de rendimento dessas áreas vem confirmando os impactos na produtividade esperada para a temporada. Por fim, com a queda do rendimento esperado, a produção do algodão em caroço ficou projetada em 4,69 milhões de toneladas, 1,14% menor que a estimativa passada.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

Acréscimo: acompanhando a alta das cotações da pluma na bolsa de Nova York, o preço Cepea apresentou aumento de 0,16% em relação à semana passada, cotado a ¢ R$ 600,47/lp.

Incremento: devido à piora nas condições das lavouras americanas por causa do clima, o contrato de julho de 2023 exibiu alta de 3,67% na semana, precificado a ¢ US$ 87,74/lp.

Alta: reflexo da valorização no preço do petróleo, o poliéster apresentou incremento de 6,59% no comparativo semanal, após sucessivas baixas, cotado a ¢ US$ 39,98/lp.

AGRONEWS® é informação para quem produz

]]>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *