Diárias de Mercado

Algodão: postura vendedora e dólar impulsionam indicador em 4% no mês de fevereiro

Os preços do algodão em pluma seguiram em alta em fevereiro, mantendo o movimento que vem sendo verificado há seis meses seguidos

O Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, fechou a R$ 2,9259/lp no dia 28, avanço de 4,13% frente ao fechamento de janeiro. De 26 de fevereiro a 3 de março, especificamente, o Indicador subiu 1,1%, fechando a R$ 2,9359/lp nessa terça-feira, 3. Segundo colaboradores do Cepea, a sustentação veio da posição firme da maior parte dos vendedores.

Siga-nos no facebook e instagram

Além disso, o dólar em patamar recorde nominal reduziu a disponibilidade doméstica, tendo em vista que favoreceu a exportação. Do lado comprador, muitos estiveram ativos, à procura de pluma de maior qualidade – demandantes com maior necessidade acabaram pagando valores maiores para adquirir novos lotes. No geral, os fechamentos acabaram sendo limitados pela disputa entre vendedores e compradores quanto ao preço e à qualidade.

Ao longo de fevereiro, o dólar manteve o mercado de exportações atrativo, fazendo com que tradings sustentassem as altas no mercado doméstico. No entanto, na última semana de fevereiro, os contratos na Bolsa de Nova York (ICE Futures) caíram com força, reduzindo o ritmo de comercialização.

AGRONEWS BRASIL – INFORMAÇÃO PARA QUEM PRODUZ

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/piracema-termina-e-novas-regras-para-a-pesca-passam-a-vigorar-nos-rios-de-mato-grosso-do-sul/

Fonte: Cepea

Artigos relacionados
Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: confira a seguir estimativa de oferta e demanda safra 22/23

GeralNotícias

Fundação MT dá início aos eventos de 2ª safra, confira!

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: produção da pluma teve queda, confira!

Mercado FinanceiroNotícias

Volume de exportação dos cafés diferenciados corresponde a 14,7% do total exportado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.