Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: preço da pluma valoriza na Bolsa de NY

Após período de queda no preço da pluma na Bolsa de NY, os contratos futuros exibiram valorização

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

Os contratos de dez/22 e jul/23 ficaram cotados a ¢ US$ 92,13/lp e ¢ US$ 84,63/lp, alta de 3,20% e 4,15%, respectivamente, ante a semana passada. A valorização semanal foi pautada pela piora nas condições da safra norte-americana, principalmente no Texas (principal produtor do país) que têm sua produção impactada pela seca, em conjunto com o resultado das exportações dos EUA, que indicou uma boa demanda na última semana.

Contudo, para a próxima semana os fundamentos baixistas podem continuar pressionando os preços, uma vez que o anúncio de alta na taxa de juros dos EUA, aumenta a probabilidade de desaceleração da economia estadunidense e global, que somada ao recuo da demanda chinesa (devido à política de Covid-19 zero), configura tendência de queda para as cotações da pluma na Bolsa de NY. Dessa forma, se a menor demanda pela fibra se prolongar durante a temporada, o preço da pluma tende a ser pressionado pelo menor consumo global.

Artigos relacionados

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

Nova Baixa: seguindo as quedas nos preços do petróleo, a cotação do poliéster exibiu declínio de 7,83% no comparativo semanal, na média de ¢ US$ 37,51/lp.

Alta: refletindo o aumento dos preços da pluma na Bolsa de NY, a paridade dez/22 apresentou alta de 3,91% na semana, precificada a R$ 181,46/@.

Redução: o preço do caroço de algodão disponível em Mato Grosso apresentou baixa de 0,66% em relação à semana passada, cotado a R$ 1.570,49/toneladas.

AGRONEWS® é informação para quem produz

]]>

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo