Algodão: preços dos subprodutos seguem em queda

Os preços dos subprodutos do algodão em Mato Grosso apresentaram desvalorização em suas cotações

Dessa forma, no comparativo semanal os preços do caroço disponível e da torta exibiram declínio de 1,74% e 2,97%, cotados na média de R$ 1.541,71/toneladas e R$ 1.537,26/toneladas, respectivamente. Esse cenário de queda é reflexo da maior oferta dos subprodutos, uma vez que o beneficiamento se encontra com 27,21% do total estimado da produção já colhida da safra 21/22 em Mato Grosso.

Por fim, cabe destacar que, até a última sexta-feira (19/08), 89,56% da área estimada para a safra 21/22 já havia sido colhida, e na medida em que a colheita se aproxima do fim, a tendência é que o ritmo do beneficiamento fique mais acelerado.

Assim, é esperado que os preços dos subprodutos continuem em ritmo de queda, como sazonalmente é observado neste período da colheita.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • Aumentou: reflexo da valorização dos preços na Bolsa de NY, o indicador Imea da pluma apresentou alta de 4,04% na semana, cotado na média de R$ 201,90/@;
  • Alta: em Mato Grosso, a paridade dezembro de 2022 apresentou incremento de 12,74% em comparação com a semana passada, na média de R$ 208,36/@;
  • Baixa: acompanhando as reduções nos preços do petróleo, o poliéster registrou queda de 1,41% em relação à semana passada, cotado na média de ¢ US$ 39,78/lp.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.