Diárias de Mercado

Arroz: agentes ativos e exportação aquecida elevam preços

Apesar de oscilarem em março, os preços de arroz em casca no Rio Grande do Sul apresentaram recuperação na segunda quinzena do mês

O Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros (média ponderada), subiu 3% entre 24 e 31 de março, fechando a R$ 51,92/sc de 50 kg na última terça-feira, 31 – o maior valor nominal da série história do Cepea, iniciada em 2005.

Siga-nos no facebook e instagram

De acordo com pesquisadores do Cepea, a sustentação está atrelada especialmente ao movimento mais ativo de agentes que buscaram atender compromissos no mercado interno, com o intuito de suprirem a demanda de supermercadistas/varejistas. Também houve procura para exportação e complemento de cargas. O que chamou a atenção em março foi a forte valorização do dólar frente ao Real, que favorece a exportação de produtos brasileiros.

Este fator elevou a competitividade do arroz brasileiro no mercado internacional, e o interesse de compras para exportação estimulou a comercialização do casca em praticamente todas as praças acompanhadas pelo Cepea.

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/a-seguir-leia-10-curiosidades-sobre-cobras/

Fonte: Cepea

Artigos relacionados
Diárias de Mercado

Arroz: indicador segue em alta neste mês

Mercado FinanceiroNotícias

Falta de contêineres e câmbio afetam exportações de arroz em abril de 2022, diz Abiarroz

Diárias de Mercado

Arroz: em Mato Grosso preço segue em queda

Diárias de Mercado

Arroz: indicador volta a fechar abaixo de R$ 70/SC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.