Boi gordo: avanço das escalas de abate em agosto

Em São Paulo, a maior oferta de bovinos confinados e o aumento das escalas de abate permitiram aos frigoríficos a manutenção dos preços na última quarta-feira (11/8) na comparação diária

Segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi, vaca e novilhas gordos foram negociados, respectivamente, em R$317,00/@, R$293,00/@ e R$312,00/@, preços brutos e a prazo.

boi

Em Paragominas-PA, as cotações também ficaram estáveis na comparação diária, com a oferta de boiadas para abate suficiente para atender a demanda das indústrias, que estão escaladas para a próxima semana. A cotação do boi gordo na região ficou em R$300,00/@, preço bruto e a prazo.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Já no Noroeste do Paraná, com o cenário de oferta semelhante às praças anteriores, a cotação da vaca gorda recuou R$1,00/@ no comparativo diário. Boi e novilha gordos ficaram com os preços estáveis.

A cotação da vaca gorda ficou em R$297,00/@, preço bruto e a prazo.

Por Scot Consultoria

AGRONEWS – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.