Diárias de Mercado

Boi gordo: mercado do boi permanece em baixa

Movimento de baixa no mercado do boi gordo perdendo força?

A oferta de boiadas terminadas está minguando nas praças paulistas, o que forçou os compradores a ofertarem mais pela arroba do boi gordo na manhã de quinta-feira (4/11). As escalas estão diminuindo, comparadas aos momentos em que atendiam cerca de 8-10 dias há algumas semanas, e atualmente atendem, em média, 5 dias.

A cotação do boi gordo subiu R$1,00/@ na comparação diária, negociado em R$263,00/@, preço bruto e a prazo, enquanto a cotação da vaca e novilha gordas ficou estável, negociadas em R$250,00/@ e R$258,00/@, respectivamente, nas mesmas condições.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

No Pará, o cenário é de aumento de oferta, pressionando a cotação do boi gordo nas três regiões monitoradas pela Scot Consultoria. A queda foi de R$4,00/@ para o boi gordo na região de Paragominas, de R$2,00/@ em Redenção e de R$1,00/@ em Marabá.

Em Redenção houve queda de R$2,00/@ também para vaca e novilha gordas. Com isso, o boi gordo foi negociado na região em R$247,00/@, enquanto a vaca e novilha gordas foram negociadas em R$242,00/@ e R$244,00/@, preços brutos e a prazo.

No Norte de Mato Grosso, cenário semelhante ao da praça pecuária paulista, onde a oferta de gado terminado diminuindo pressionou os preços para cima. A cotação do boi gordo subiu R$1,00/@ na comparação feita dia a dia, enquanto a da vaca e novilha gordas ficou estável.

A referência do boi, vaca e novilha gordos ficou, respectivamente, em R$248,00/@, R$238,00/@ e R$241,00/@, preços brutos e a prazo.

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados