Diárias de Mercado

Boi gordo: mercado segue lento neste mês de março

Negócios em ritmo lento no mercado do boi gordo

Negócios em ritmo lento no mercado do boi gordo

A dificuldade na originação de matéria prima (boiadas) para as indústrias frigorificas continua nas praças paulistas, porém, a dificuldade no escoamento de carne no mercado interno vem limitando o aumento nas cotações, que ficaram estáveis em São Paulo na última quarta-feira (17/3), na comparação diária.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, nas praças paulistas, o boi gordo foi negociado em R$305,00/@, preço bruto e a prazo. A vaca gorda e novilha gorda para abate ficaram cotadas em R$283,00/@ e R$297,00/@, preços brutos e a prazo, respectivamente.

Covid-19

Com o agravamento da pandemia, medidas rigorosas de contenção da covid-19 estão em vigor em boa parte do país. Em algumas cidades do interior de São Paulo por exemplo, os supermercados funcionarão apenas para entrega em domicílio.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

O impacto quanto ao consumo de carne bovina no mercado doméstico em função dessas medidas de contenção do coronavírus deve ser acompanhado de perto.

Por Scot Consultoria

AGRONEWS – Informação para quem produz

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados