Boi: relação de troca recuou em fevereiro de 2022

Na relação de troca boi/bezerro (Relação de Troca) recuou 0,33% em fevereiro, devido baixa mais intensa no indicador do boi gordo ante a do bezerro de ano em Mato Grosso

Diante do mercado de boi reposição sem muitas negociações em fevereiro, a cotação do bezerro foi pressionada em 2,45% no comparativo com janeiro. Porém, nesse mesmo período a arroba do boi gordo recuou de maneira mais intensa (-2,78%) por efeito da pressão dos frigoríficos nas regiões em que parte deles se ausentou das compras.

Esse cenário trouxe um impacto direto na relação de troca (boi/bezerro) entre as categorias, que decresceu para 1,77 cabeças em fevereiro de 2022. Ou seja, o invernista conseguiu adquirir menos bezerros com um boi gordo.

No entanto, para 2022 é esperada uma maior oferta de boi jovem, o que pode pressionar a categoria no médio prazo e gerar uma possível inversão na Relação de Troca.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

boi
  • Reaqueceu: com o retorno das compras de alguns frigoríficos e o aumento das exportações, as cotações da arroba do boi gordo elevaram-se 0,28% ante a semana passada;
  • Começo de alta: acompanhando o mercado do boi gordo, a arroba da vaca gorda registrou incremento de 0,28% ante a semana passada e ficou na média de R$ 286,93;
  • Avanço: os contratos com vencimento para maio de 2022 apresentaram um aumento de 0,99% ante a semana passada e a arroba do boi gordo ficou na média de R$ 348,30.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.