GeralMercado FinanceiroNotícias

Café: arábica corresponde a 67% e conilon a 33% da produção dos Cafés do Brasil

Café

Safra brasileira total está estimada em 53,42 milhões de sacas de 60kg, sendo 35,71 de café arábica e 17,71 milhões de conilon

A safra dos Cafés do Brasil estimada para o presente ano de 2022 totaliza um volume físico equivalente a 53,42 milhões de sacas de 60kg. Desse total, 35,71 milhões de sacas são da espécie de café arábica, o que representa em torno de 66,84% da safra, e 17,71 milhões de sacas da espécie de conilon, que correspondem a 33,15%. Caso essa estimativa se confirme nos próximos levantamentos, a safra 2022 terá um aumento significativo de 11,96% da produção nacional de cafés, se tais números forem comparados com a produção anterior, na qual o País colheu um volume total de 47,71 milhões de sacas.

Neste mesmo contexto, há que se ressaltar que a produção de café, exclusivamente da espécie arábica, em 2022, terá um aumento de 13,6% no volume, em comparação com a safra anterior. Quanto à produção de café conilon, em contrapartida, os números levantados para a safra 2022 apontam um acréscimo na colheita de 8,7%, em relação ao ano-cafeeiro anterior.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Com relação à área total cultivada, em todas as regiões produtoras, tanto com cafés da espécie arábica como de conilon, no ano objeto desta análise, os levantamentos realizados estimam um acréscimo de 1,9% em relação à safra anterior ao totalizar 2,24 milhões de hectares, dos quais 81% são destinados ao cultivo de café arábica, e 19% à produção de café conilon. E, quanto à área exclusivamente em produção, os dados pesquisados indicam uma área de 1,84 milhões de hectares, a qual será 1,8% maior que no ano de 2021. E, em complemento, a área em formação ocupará 401,2 mil hectares em 2022, o que também representa um acréscimo de 2,5% em comparação à temporada passada.

A fonte principal dos dados estatísticos que estão permitindo realizar esta análise foi obtida do Acompanhamento da Safra Brasileira Café – Segundo Levantamento – maio 2022, da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, o qual está disponível na íntegra no Observatório do Café, do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café. A Conab realiza e divulga quatro levantamentos anualmente. O primeiro em dezembro, com divulgação em janeiro. O segundo em abril, com divulgação em maio. O terceiro em agosto e divulgado em setembro. O quarto é realizado em novembro e divulgado em dezembro, quando todos os dados são consolidados.

De acordo ainda com os dados deste Levantamento da Conab, o qual se encontra disponível na íntegra no Observatório do Café, do Consórcio Pesquisa Café coordenado pela Embrapa Café, os seis maiores estados produtores de café da Federação são: Minas Gerais, maior produtor nacional, que espera colher nesta safra 24,79 milhões de sacas de café beneficiado; Espírito Santo – 16,45 milhões de sacas;  São Paulo – 4,43 milhões; Bahia – 3,64 milhões;  Rondônia – 2,64 milhões de sacas; e  por fim, o estado do Paraná, na sexta posição, com 552,9 mil sacas de 60kg.       

Relatório da Conab destaca ainda que: “O efeito da bienalidade positiva esperado para esta safra ocorreu timidamente na atual safra. As condições climáticas, registradas entre junho e setembro de 2021, foram determinantes para esta quebra de expectativa. Deficit hídrico severo e geadas pontuais foram os responsáveis pela diminuição do potencial produtivo das lavouras de café na maioria das regiões produtoras. As boas floradas registradas em setembro e outubro, no início das chuvas, não refletiram em um bom pegamento de frutos. Mesmo as boas precipitações ocorridas a partir de outubro, e que se mantiveram até março de 2022, conseguiram reverter essa situação”.

Por Embrapa

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Diárias de MercadoNotícias

Café: preço do arábica segue em alta em 2022

Diárias de Mercado

Café: colheita do arábica avança, mas liquidez é baixa

Mercado FinanceiroNotícias

Exportações de cafés totalizam 78 milhões de sacas de outubro de 2021 à abril de 2022

Diárias de Mercado

Café: preço do robusta segue em queda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.