Diárias de Mercado

Café: bolsa de NY e dólar sobem movimentando mercado interno

A sinalização é positiva para o mercado brasileiro de café nesta sexta. Com Nova York e dólar subindo, os preços tendem a acompanhar essa indicação. O ritmo dos negócios deve melhorar

O mercado teve uma quinta-feira de preços mais baixos. As cotações recuaram diante da baixa do arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) e do dólar. Apesar disso, o dia teve mais negociações, mas envolvendo lotes menores, picados.

No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa com 15% de catação terminou o dia em R$ 770,00/780,00 a saca, contra R$ 780,00/785,00 de ontem. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de R$ 780,00/785,00 a saca, no comparativo com R$ 790,00/800,00 do dia anterior.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 560,00/570,00, estável. O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, ficou em R$ 445,00/450,00 a saca, contra R$ 450,00/455,00 anteriormente.

Câmbio

  • O dólar comercial registra alta de 0,31% a R$ 5,351.

Bolsa de Nova York

  • Os contratos com entrega em julho registram valorização de 1,18% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 144,75 centavos de dólar por libra-peso;
  • A posição julho/2021 fechou a quinta-feira a 144,90 centavos, baixa de 2,90 centavos, ou de 2,0%.

Por Dylan Della Pasqua – Agência Safras

AGRONEWS – Informação para quem produz

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados