Diárias de Mercado

Carne bovina: negócios seguem em baixa no atacado

carnes-brasileiras-1-1

Escalas curtas e cautela nas compras são características vistas nos frigoríficos. A incerteza sobre o consumo de carne bovina em curto prazo não dá margem para grandes compras de boiadas

Apesar das vendas fracas no atacado, que agora abastecem apenas açougues e mercados, o preço médio da carne bovina sem osso teve alta de 0,4% no atacado na semana passada, segundo levantamento da Scot Consultoria. No entanto, na comparação mensal, o preço é 1,2% menor.

Siga-nos no facebook e instagram

Com a China voltando à rotina, mesmo que vagarosamente, espera-se que o país retorne às compras de carne brasileira em bons volumes, trazendo uma “fuga” para o escoamento da produção no caso dos frigoríficos habilitados à exportação para os chineses, alguns inclusive estão em férias gerais devido à situação atual.

Para esta semana, os volumes negociados internamente devem continuar abaixo dos padrões “normais”, o que deve manter os preços da carne bovina frouxos do atacado.

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/especialista-esclarece-todos-os-detalhes-do-artigo-486-da-clt-citado-por-bolsonaro/

Fonte: Scot Consultoria

Artigos relacionados
Diárias de MercadoNotícias

Boi: diferença entre as arrobas de machos e fêmeas em 2022

EmbrapaEspecialistasNotícias

Árvores em sistemas ILPF neutralizam emissão de metano por bovinos no Cerrado

Diárias de Mercado

Boi: preços médios de machos e fêmeas atingem diferença recorde

Mercado FinanceiroNotícias

Boi: confira a relação de troca, segundo Imea

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.