Carne de frango: distribuição das exportações por UF e Região entre janeiro e maio

Abaixo, o quadro interno das exportações de carne de frango nos cinco primeiros meses de 2020 segundo as Unidades Federativas (UFs) e as Regiões exportadoras

Nele é oportuno ressaltar e ressalvar, mais uma vez, que boa parte dos índices anuais de incremento ou redução do volume embarcado e da receita cambial auferida não refletem necessariamente a realidade atual (exemplos: aumento de quase mil por cento em Mato Grosso e redução de aproximadamente um terço no volume exportado por Santa Catarina), pois decorrem de uma sistemática de registro equivocada adotada temporariamente em 2019, mas que acabou afetando os números relativos à distribuição das UFs e Regiões exportadoras.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Ainda a propósito, notar que apenas 5 UFs registram redução de receita, enquanto grande parte delas mostra expansão das mais significativas (aumento de 124% em Goiás, por exemplo). Ou seja: uma vez que, na média dos cinco primeiros meses, os preços deste ano ficaram perto de 8% aquém do registrado em idêntico período de 2019, é certo que alguns dos índices de variação da receita ficaram negativos ou bem menores que os apontados.

Carne de frango: distribuição das exportações por UF e Região entre janeiro e maio

Fonte: Avisite

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/mix-de-cobertura-ajuda-a-reciclar-nutrientes-do-solo-e-diminuir-custos-na-propriedade/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.