Mercado FinanceiroNotícias

Carnes fecham os 7 primeiros meses acumulando receita cambial superior a US$11 bi

Antes do mês ser encerrado e levando em conta apenas o produto in natura – as exportações de carnes de julho de 2021 atingiram novo recorde, desempenho confirmado pelo MAPA.

Com o bom desempenho do último mês, a receita cambial acumulada nos sete primeiros do ano ultrapassou a marca dos US$11 bilhões, aumentando pouco mais de 13% em relação a idêntico período de 2020.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Do total registrado, perto de 46% foram proporcionados pela carne bovina (aumento de 8,54% no ano), 37% pela carne de frango (aumento, em 7 meses, de 15%) e 14% pela carne suína (no ano, aumento de quase 25% na receita cambial).

Em relação ao volume, apenas a carne bovina encerra o período com decréscimo: redução de 3,25%, determinada sobretudo pelo produto in natura. E enquanto o índice de aumento do volume de carne de frango ficou em 7,37%, o de carne suína chegou a, praticamente, o dobro: +14,56%. O resultado final, consideradas também outras carnes exportadas mas não especificadas, foi um aumento de volume próximo de 6%.

O destaque, de toda forma, cabe aos preços obtidos pelas três carnes, todos em expansão. Na média, o da carne bovina aumentou mais de 12%, o da carne suína perto de 9% e o da carne de frango 7,18%.

carnes

Por Avisite

AGRONEWS – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados