China garante expansão das exportações de carne de frango dos EUA

Após três meses de resultados negativos, as exportações norte-americanas de carne de frango voltaram a apresentar incremento

Em agosto passado, de acordo com o USDA, o país exportou perto de 280 mil toneladas do produto, segundo melhor resultado do ano. O volume registrado correspondeu a aumentos de 2,4% sobre agosto de 2019 e de 4,5% sobre o mês anterior, julho de 2020.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Apesar, no entanto, dos resultados negativos de todo um trimestre, o volume que vem se acumulando no decorrer do ano tem apresentado evolução positiva. Assim, o total exportado entre janeiro e agosto de 2020 – pouco mais de 2,173 milhões de toneladas – registra incremento de, praticamente, 3% em relação aos mesmos oito meses de 2019.

Graças ao melhor resultado de agosto, o acumulado em 12 meses também apresentou melhora. Nos 12 meses encerrados em julho registrava aumento inferior a 1,5%. Agora, entre setembro/19 e agosto/20 apresenta aumento de 2%.

Confira 05 raças de cães ideais para pastoreio e guarda

Vale notar que o incremento, no ano, de quase 3% – correspondente a um adicional de 62 mil toneladas – está sendo obtido graças à abertura do mercado chinês. Nesse período, o volume total exportado pelos EUA para a China (que quase nada importou no ano passado) foi de 165 mil toneladas). Ou seja: não fosse o acordo comercial firmado entre os dois países no final de 2019, as exportações de carne de frango dos EUA seriam quase 5% menores que as do ano anterior.

No gráfico abaixo, à direita, o acumulado em períodos de 12 meses desde janeiro de 2014.Como se constata, em 2020 as exportações de carne de frango dos EUA se encontram mais próximas do recorde de 3,380 milhões de toneladas, registrado nos 12 meses encerrados em fevereiro de 2014.

China garante expansão das exportações de carne de frango dos EUA

Por Avisite

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.