Citros: preços da tahiti reagem em junho de 2022

Depois de praticamente atravessarem todo o 1° semestre registrando baixos patamares, os preços do citros (lima ácida tahiti) vêm reagindo ao longo de junho

Segundo pesquisadores do Cepea, a sustentação vem da gradual diminuição na oferta da fruta, tendo em vista que a demanda ainda está fraca, sobretudo nesta semana, período próximo de final de mês. Ainda que as cotações não estejam em patamares remuneradores, esse recente movimento de avanço traz certo alento a produtores, que, agora, esperam que essa tendência siga nas próximas semanas, fundamentados na redução da disponibilidade da fruta a partir de julho.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Nessa quinta-feira, 23, a média de comercialização da variedade fechou em R$ 13,06/cx de 27 kg, colhida, alta de 16% no acumulado da parcial deste mês (frente ao fechamento do último dia de maio, 31).

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.