CLIMATEMPO 07 a 13 de junho 2022, veja a previsão do tempo

Assista o Boletim CLIMATEMPO 07 a 13 de junho 2022 e veja a previsão do tempo nesta semana.

Nova onda de frio derruba as temperaturas no centro-sul do Brasil

A forte onda de frio do começo da segunda quinzena de maio deste ano foi sentida em todas as Regiões do país. A temperatura baixou para quase 5°C negativos no Sul do Brasil. Estados do Norte, como Rondônia e Tocantins, registraram temperaturas em torno de 11°C. No Sudeste, geou em áreas do estado de São Paulo, no Sul de Minas e também do Triângulo Mineiro.

A cidade de São Paulo registrou 6,6°C, que foi a temperatura mais baixa para um dia de maio desde 1990. O frio intenso de maio, causou geada no Distrito Federal e Brasília registrou apenas 4,9°C, a segunda menor temperatura para um dia de maio desde 1960, segundo dados do INMET – Instituto Nacional de Meteorologia.

Uma nova e intensa massa de ar polar avança na madrugada da quinta-feira (09) sobre o Brasil, trazendo o frio para todo o centro-sul do país. As temperaturas começam cair entre o leste, sul e serra do Rio Grande do Sul, Região Serrana de Santa Catarina e do Paraná, interior de São Paulo, sudoeste de Mato Grosso e centro-norte de Mato Grosso do Sul.

Este frio intenso, também entra pelo interior do continente, diminuindo as temperaturas no sul de Rondônia e do Acre, e no sudoeste do Amazonas.

A segunda semana do mês de junho promete terminar com temperaturas mais baixas e novos recordes podem ser registrados. Os recordes poderão ser de menor temperatura mínima e menor temperatura máxima, ou madrugada e tarde mais fria.

Nas áreas altas de Santa Catarina, as temperaturas voltam se aproximar dos 10 °C! O sábado (11), será frio e gelado com temperaturas abaixo de 0 °C entre o sul do Paraná e norte do Rio Grande do Sul. Os valores podem ser expressivos nas áreas de serra do Sul do Brasil.

CLIMATEMPO 07 a 13 de junho 2022

https://www.youtube.com/watch?v=USwLOmkDWII

O risco de geada ampla aumenta na manhã do domingo (12), entre o Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, sul de Mato Grosso do Sul, extremo sul e oeste de São Paulo. As tardes também serão frias na região da Zona da Mata Mineira, estado do Rio De Janeiro, Grande São Paulo e interior paulista. Em Rondônia e no Acre, amanhecer bem frio o que é atípico para esta época do ano.

Lembrando que o inverno começa astronomicamente às 6h14 do dia 21 de junho, quando ocorre o solstício de inverno, e se estende até às 22h04 do dia 22 de setembro, data do equinócio da primavera.

Os modelos apontam que esta nova onda de frio promete ser a maior do ano, até o momento, principalmente no Sul do Brasil! Mas os efeitos também serão sentidos no Sudeste, Centro-Oeste e parte do Norte do país.

Semana começa com temporais e frio no Sul do país

Um sistema de baixa pressão se aprofunda nesta segunda-feira (06) na costa do estado e ajuda aumentar as nuvens carregadas no Rio Grande do Sul. Tempo encoberto e com chuva volumosa e persistente em todo o centro e norte gaúcho. Chove em vários momentos, em forma de temporais na capital Porto Alegre, no oeste e sul de Santa Catarina.

Dia instável com muita nebulosidade em Florianópolis, a chuva acontece em vários momentos, mas sem grandes alertas. No Paraná, tempo carregado e com muita nebulosidade no interior. Tem previsão de chuva forte e com temporais na região de Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão e em Pato Branco. O sol aparece em Curitiba ao longo do dia, mas volta chover entre o fim da tarde e começo da noite com risco de trovoadas.

Na terça-feira (07), às instabilidades já perdem força no interior do Rio Grande do Sul e o tempo volta a ficar firme na região de Uruguaiana, por outro lado, tempo carregado em todo o centro-norte gaúcho, no estado de Santa Catarina e centro-sul do Paraná. O risco de chuva forte aumenta nas três capitais: Curitiba, Florianópolis e Santa Catarina. O sol ainda aparece no norte paranaense, mas tem previsão de chuva entre a tarde e a noite, que pontualmente pode vir com forte intensidade.

A chuva perde força na quarta-feira (08) em grande parte do interior do Sul do Brasil. Um sistema de alta pressão atmosférica impede a formação de nuvens carregadas na maior parte do Paraná, Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Ainda chove de forma isolada e sem grandes alertas nas capitais da Região, no litoral e nas áreas de serra. Mesmo com a presença do sol, vários municípios terão um dia com sensação de frio.

Temperaturas baixas

A semana começa com temperaturas mais baixas na Região, principalmente nas áreas de serra. O tempo mais encoberto e a chuva persistente ajuda a aumentar a sensação de frio na Região. Apenas as áreas do extremo norte do Paraná, que continuam com temperaturas mais agradáveis no período da tarde, mas a partir de quinta-feira (09), uma nova e intensa massa de ar polar volta ganhar força no estado, derrubando as temperaturas em vários municípios.

Para finalizarmos a análise do Boletim CLIMATEMPO, a semana termina com chuva de forma bem mais localizada, com bastante frio e risco de geada.

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.