CLIMATEMPO 18 de agosto 2022, veja a previsão do tempo no Brasil

Assista o Boletim CLIMATEMPO 18 de agosto 2022 e veja a previsão do tempo em todas as regiões do Brasil.

Nesta quinta-feira uma forte frente fria avança sobre grande parte do centro e sul do país. Vai ser um dia mais instável ainda com risco de temporais desde o estado de Mato Grosso do Sul até áreas do estado do Rio Grande do Sul.

Tem possibilidade de neve e de precipitação Invernal por causa da queda das temperaturas na maior parte da Região Serrana de Santa Catarina e também do Rio Grande do Sul. O destaque já passa a ser o frio, mesmo com a presença do sol na região de Uruguaiana.

As instabilidades conseguem avançar para parte da região Sudeste e também volta a chover no oeste e sul de Minas Gerais. Mas a região da capital paulista ainda vai ter um dia ensolarado e com temperaturas em elevação. Tudo isso por causa das rajadas de vento que ainda persistem na maior parte do Brasil e que podem chegar até 70 km por hora.

Já em Mato Grosso do Sul, sul de Goiás, São Paulo, sul de Minas e também no Rio de Janeiro, o mar fica agitado desde o litoral do Rio Grande do Sul até o litoral Fluminense.

As áreas do interior do Brasil ainda continuam sem grandes mudanças, permanecendo com tempo firme e baixa umidade relativa do ar.

Na região Norte e Nordeste, acontece apenas chuva de forma isolada, mas com forte intensidade no sul de Rondônia, em Manaus e também na capital Rio Branco.

Em Natal e também na capital Salvador, a chuva acontece de forma mais passageira e a máxima não passa dos 15º graus em Porto Alegre, máxima de 34° em Cuiabá e também no Rio de Janeiro, e em Salvador a máxima pode chegar aos 28º graus.

CLIMATEMPO 18 de agosto 2022

Atmosfera esfria mais e Sul do BR pode ter neve nesta semana

A semana começou com temporais na Região Sul e a chuva ainda segue concentrada no estado de Santa Catarina e do Paraná nesta terça-feira. A umidade persiste pelo menos até a quinta-feira (18) na Região, mas com as instabilidades perdendo força, o ar frio de origem polar volta a atuar. A semana vai terminar com frio intenso, geada e até neve no Sul.

Chuva forte, granizo e rajadas de vento de 120km/h

A passagem de uma frente fria e a circulação de ventos reforçam as instabilidades no Sul do Brasil nesta terça-feira, portanto o risco de temporais ainda persiste em Santa Catarina e no Paraná. Enquanto no Rio Grande do Sul, a chuva já perde força.

Na quarta-feira (17), a chuva forte persiste em Santa Catarina e no Paraná, com risco de temporais. O sol consegue aparecer mais ao longo do dia no estado gaúcho, mas a nebulosidade aumenta e já volta chover a partir da tarde em todas as áreas, com a aproximação de uma nova frente fria.

Alerta: temporais, ventania e frio intenso nos próximos dias

Frio intenso

Como vimos no Boletim CLIMATEMPO, a frente fria já se afasta na quinta-feira, mas com a umidade que ainda persiste na Região, e a entrada dos ventos frios de uma intensa massa de ar polar, a tendência é de uma queda bem acentuada de temperatura, que pode provocar neve ou algum outro tipo de precipitação invernal nas serras do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A chance existe entre a noite de quinta e a madrugada da sexta-feira (19).

A chuva continua concentrada no leste e litoral do Rio Grande do Sul, no leste de Santa Catarina e na maior parte do Paraná. Será um dia de céu mais encoberto e com chuva em vários momentos nestas regiões. Por outro lado, no oeste gaúcho já não chove no decorrer do dia.

Risco de geada

A chuva perde intensidade na sexta-feira (19), mas o frio persiste. Na retaguarda da frente fria, a entrada do ar polar volta a derrubar as temperaturas no centro-sul do Brasil. O risco de geada aumenta em toda a Região Sul do Brasil, com exceção das áreas litorâneas. Até Porto Alegre pode registrar geada no começo do dia. O fenômeno pode ser registrado também no sábado (20), de forma ampla, nos três estados, com exceção apenas para as áreas litorâneas e as capitais.

Ventos fortes e mar agitado

E para fechar a análise do Boletim CLIMATEMPO de hoje, os ventos aumentam na região, devido à passagem da frente fria pelo oceano e a intensificação da circulação dos ventos. O interior do Paraná e de Santa Catarina, áreas do norte, centro, sul e oeste do Rio Grande do Sul, podem ter rajadas de 40 a 60 km/h na terça-feira. A partir de quinta, as rajadas aumentam e podem chegar até 90 km/h na região do Vale do Itajaí, no litoral de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Na sexta-feira (19), os ventos perdem intensidade, mas ainda podem ocorrer rajadas moderadas de 40 a 60 km/h na Região.

O mar também fica agitado no litoral da Região Sul, as ondas ficam entre 3,0 e 3,5m no litoral norte do Rio Grande do Sul e litoral de Santa Catarina, entre 2,5 e 3,0 nas demais áreas do litoral gaúcho, e entre 2,0 e 2,5m no litoral do Paraná.

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.