CLIMATEMPO 20 a 26 de setembro 2022, veja a previsão do tempo

Assista o Boletim CLIMATEMPO 20 a 26 de setembro 2022 e veja a previsão do tempo em todas as regiões produtoras do Brasil.

O vazio sanitário está terminando nas principais áreas produtoras do país. Agora no dia 20 termina o vazio sanitário em Santa Catarina e no Acre. No dia 24 é a vez de Goiás e Distrito Federal serem liberados para semeadura da soja.

Nesta quinta-feira dia 22 de setembro, às 22:04 do horário de Brasília, inicia a primavera. E os últimos dias de inverno serão marcados pelo tempo instável em grande parte do país. A formação de um sistema frontal constituído por uma frente fria e um ciclone extratropical, deixa o céu carregado no centro-sul do Brasil.

Mas a frente fria associada a esse sistema acaba formando um corredor de umidade desde a costa do Sudeste até a região norte do Brasil. Há uma expectativa de volumes acima de 100 mm entre São Paulo, sul de Minas, Zona da Mata mineira e em algumas áreas do interior do Rio de Janeiro.

Entre Paraná e Sul de Mato Grosso do Sul, o volume de chuva pode superar 80 mm. No Sudoeste de Goiás e alguns pontos do Estado de Mato Grosso, além de Rondônia, poderão receber significativos volumes de chuva acima de 70 mm, o que poderá dar o start no plantio da soja nestas regiões.

Mas muita atenção, porque a chuva da posição mais central do Brasil ainda não vem para ficar. Pelo menos até o final do mês de outubro a chuva ainda virá intercalada por longos períodos de tempo seco entre uma chuva e outra.

Assista o Boletim CLIMATEMPO 20 a 26 de setembro 2022

Reta final do inverno com alerta para chuva volumosa no Brasil

A reta final do inverno é de alerta para bastante chuva no país. A atuação de vários sistemas meteorológicos vai contribuir para a formação de instabilidades e por isso a chuva tende a ser volumosa por quase todas as áreas do Brasil.

Como vimos anteriormente, a primavera começa na próxima quinta-feira, 22 de setembro.

O Nordeste é a Região que terá menos chuva. Já no Norte, Centro-Oeste, Sudeste e Sul é alto o risco para temporal nos próximos dias. O risco de chuva forte aumenta até mesmo em Brasília entre quarta e sexta-feira.

No estado de São Paulo a chuva já começa a se espalhar nesta segunda-feira, mas ainda de forma isolada. Não chove na capital. Da terça-feira em diante as condições de chuva aumentam e volta a chover na Grande SP. A Climatempo alerta para muita chuva da noite de quarta-feira(21) até a quinta-feira(22).

Até o dia 22, o risco de tempestades também é alto nos três estados do Sul, na Região Centro-Oeste e no Norte, em especial nos estados de Rondônia, Acre e Amazonas. A chuva também vem com forte intensidade, raios e rajadas de vento no Rio De Janeiro, sul do Espírito Santo e Minas Gerais.

Com a chuva volumosa prevista, não dá para descartar o risco de alagamentos e até deslizamentos em alguns pontos. Os ventos intensos também podem provocar alguns transtornos pelo país. Será uma semana de bastante atenção.

Depois de toda a instabilidade, a tendência é que o ar seco e frio de origem polar comece a avançar pelo Sul do Brasil, derrubando as temperaturas. No fim da semana o tempo já firma no Sul e as temperaturas despencam, com chance de geada por amplas áreas.

Chuva forte pode provocar alagamentos em SP nesta semana

A semana será de muita atenção no estado de São Paulo, já que a chuva volta a se espalhar com forte intensidade nos últimos dias do inverno. Além da chuva, as temperaturas voltam a cair e o frio também será destaque no início da primavera em algumas áreas do estado.

A segunda-feira terá uma manhã fria e até com nevoeiro em parte do sul e leste do estado, inclusive na Grande SP. Há chance para geada na Serra da Mantiqueira nas primeiras horas do dia. Mas, com o predomínio do sol ao longo da manhã, as temperaturas entram em elevação e durante a tarde a sensação volta a ser de calor.

Como vimos no Boletim Climatempo, ainda não chove na Grande SP, Baixada Santista, Litoral Norte, Serra da Mantiqueira e Vale do Paraíba. Já nas demais áreas, volta o risco de chuva entre a tarde e a noite. As áreas próximas ao Paraná podem ter chuva forte, com raios e rajadas de vento.

A partir de terça-feira, novas áreas de instabilidade, formadas por um cavado meteorológico, começam a se deslocar pelo estado paulista e a chuva retorna às demais regiões. Novamente, há chance para chuva forte em algumas cidades do estado. O tempo já fica mais fechado nas cidades do sul e leste do estado.

Além disso, uma nova frente fria vai se formar e vai avançar pelo estado na quinta-feira, reforçando ainda mais as instabilidades.

Fique de olho na previsão para a sua região nos próximos dias!

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.