CLIMATEMPO 20 de outubro 2022, veja a previsão do tempo

Assista o Boletim CLIMATEMPO 20 de outubro 2022 e veja a previsão do tempo em todas as regiões do Brasil.

Nesta quinta-feira, as estabilidades ganham mais força em parte do centro-sul do Brasil. A circulação de ventos provoca nuvens muito carregadas e tem risco de tempo severo, com temporais em Mato Grosso do Sul, Paraná e também no estado de Santa Catarina.

As temperaturas ficam mais amenas por todo a região Sul do Brasil, mas capitais como Florianópolis e Porto Alegre, ainda tem sensação de abafamento e não se descarta queda de granizo nessas regiões e rajadas de vento variando de 60 a 80 km por hora.

Antes de continuar a leitura sobre o Clima no Brasil, dá uma olhada nesta oferta da Amazon Brasil.

CLIMATEMPO 20 de outubro 2022, veja a previsão do tempo
Clique na imagem para conferir todas as ofertas

A chuva se espalha mais sobre o sul e oeste do estado de São Paulo, até com risco de temporais, mas na maior parte do dia, o sol ainda predomina em todas as regiões Paulistas. A chuva mais forte se concentra no período da tarde. Ainda pode chover com risco de temporais na Zona da Mata Mineira, chuva forte em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e também parte do Sul de Goiás.

Como podemos ver nesta análise do Climatempo, a capital Goiânia já volta a receber chuva no período da tarde e também chove forte em Cuiabá. Na maior parte do Norte do Brasil, ainda com alerta de temporais na região de Manaus. Já no Nordeste, a chuva se espalha um pouco mais e ainda vai ser um dia com muita nebulosidade no sul da Bahia, litoral do Pernambuco e de Alagoas.

As pancadas acontecem vários momentos nessas regiões, mas grande parte do Nordeste ainda com chuva passageira e o interior da Bahia segue com o tempo firme e muito seco.

CLIMATEMPO 20 de outubro 2022

Assista abaixo a análise completa para outras regiões do país.

Instabilidades aumentam sobre SP e semana termina com chuva forte.

Nesta quarta-feira (19), a circulação dos ventos em níveis médios e altos da atmosfera, continuam favorecendo a formação de nuvens carregadas sobre São Paulo. Ao longo da madrugada e da manhã, a chuva se espalha sobre o estado, com os maiores acumulados sendo observados na faixa leste paulista.

As instabilidades se intensificam nos próximos dias com o aprofundamento de uma área de baixa pressão sobre o Sul do Brasil, que deve se organizar como uma nova frente fria na Região. Na quinta-feira (20), há previsão de pancadas de chuva forte no estado de São Paulo, principalmente nas áreas próximas ao Paraná. Há risco para temporais isolados e a chuva forte também avança para a região da Serra da Mantiqueira.

Na sexta-feira (21), pancadas de chuva moderadas a fortes se espalham novamente pelo estado. A situação é de alerta para o oeste, o centro-sul do estado e para a região da Serra da Mantiqueira. Estas áreas deverão acumular grandes volumes de chuva em um curto período de tempo. Há risco também de vento forte, com rajadas entre 50 e 70 km/h.

No sábado (22), uma massa de ar seco vai ganhando força e as instabilidades começam a se afastar conforme a frente se desloca para o Rio De Janeiro. No sul e no oeste paulista, o sol predomina e não chove. Ainda deve chover no restante do estado, podendo ocorrer vento moderado a forte, em especial nas áreas ao norte.

Alerta de tempo severo no Sul e em Mato Grosso do Sul

A atmosfera continua muito instável sobre o centro-sul do Brasil e a configuração de ventos em todas as camadas da atmosfera vai favorecer a formação de novas áreas instabilidades e nuvens muito carregadas já a partir da noite desta quarta-feira (19) no Sul do país e em Mato Grosso do Sul. No decorrer da quinta-feira (20), quase toda a Região Sul e o estado de Mato Grosso do Sul voltam a ficar em alerta de tempo severo.

A exceção fica por conta para as áreas do leste do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Ainda pode chover nestas áreas, mas de forma mais moderada e pontualmente forte, incluindo as capitais, Florianópolis e Porto Alegre.

Há alerta para temporais generalizados, com intensa atividade elétrica atmosférica (raios), rajadas fortes de vento, que variam entre 60 e 80km/h e risco de queda de granizo (inclusive em Curitiba e em Campo Grande). No sul de Mato Grosso do Sul, no centro-oeste e sul do Paraná e no extremo oeste de Santa Catarina, a situação é de PERIGO porque os temporais serão mais intensos e a chuva será muito volumosa.

Confira abaixo o acumulado de chuva para o BR

CLIMATEMPO 20 de outubro 2022, veja a previsão do tempo

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *