ClimatempoPrevisão do tempo

CLIMATEMPO 30 de novembro 2021, veja a previsão do tempo no Brasil

Assista o Boletim CLIMATEMPO 30 de novembro 2021 e veja a previsão do tempo em todas as regiões produtoras do Brasil.

Uma frente fria vai avançar da região Sul para o Sudeste do país, ao longo desta terça-feira. O céu ficará cheio de nuvens e pode chover no amanhecer por todo o estado de São Paulo, o que inclui a região da grande São Paulo e também do litoral.

Chove em vários momentos no Oeste e Sul Mineiro. Por outro lado o sol ainda consegue aparecer no estado do Espírito Santo e nas áreas mais ao Norte do estado do Rio de Janeiro. Nestas regiões, pancadas de chuva a partir da tarde com risco de trovoadas.

O sol aparece por todo o estado de Mato Grosso, também sobre áreas do estado do Tocantins e Maranhão. Nesses estados a chuva se concentra a partir da tarde, com risco para trovoadas e não se descarta temporais isolados ao longo do dia.

Como vimos no Boletim CLIMATEMPO, o tempo volta a ficar firme ensolarado por toda a região Sul e nas demais áreas do centro-sul de Mato Grosso do Sul nesta terça-feira.

A máxima alcance os 29º em Salvador, faz 29° também no Rio de Janeiro e 32º em Cuiabá.

Assista abaixo o Boletim CLIMATEMPO 30 de novembro 2021

Frente fria avança para o Sudeste nesta semana

A formação e a aproximação de uma nova frente fria associada a um ciclone extratropical no Sul do Brasil favorece o aumento da nebulosidade e o retorno das pancadas de chuva em todo o estado de SP nesta segunda-feira, 29 de novembro. No centro-oeste paulista há previsão de chuva ainda pela manhã. Na capital e nas demais áreas de SP o sol ainda predomina, a temperatura sobe e faz calor.

As pancadas de chuva ganham força e se espalham ao longo da tarde e da noite. O ar fica abafado e há risco de temporais localizados, com raios e vento forte. Em média, as rajadas de vento mais intensas variam entre 40 e 60 km/h, mas pontualmente podem chegar a 70 km/h durante os eventos de temporais e há possibilidade de queda de granizo de forma localizada.

Chove em áreas de Minas Gerais e do Espírito Santo nesta segunda, mas de forma mais isolada. Apenas o norte mineiro que está sujeito a temporais. As demais áreas terão chuva mal distribuída e que não acumula grandes volumes, inclusive em Belo Horizonte. No Rio De Janeiro o calor é intenso e não chove na segunda-feira.

Frente fria avança

Na terça, com o avanço da frente fria, o tempo continua bastante instável e com risco de chuva forte em São Paulo. A chuva aumenta também no Rio de Janeiro, no centro-sul de Minas e no Triângulo Mineiro. Além da chuva, as temperaturas tendem a diminuir.

Na quarta-feira, primeiro dia de dezembro de 2021, uma nova ZCAS vai se configurar e vai reforçar as instabilidades em muitas áreas do centro-norte do país, inclusive em regiões do Sudeste. A tendência é de volumes elevados de chuva e que podem provocar transtornos. Fique atento!

Nova ZCAS se configura sobre o Brasil no início de dezembro

Uma nova Zona de Convergência do Atlântico Sul, mais conhecida como ZCAS, volta a organizar sobre o Brasil ao longo desta semana. A expectativa é de bastante chuva em áreas do centro-norte do país.

Dezembro começa com ZCAS no Brasil
As projeções dos modelos meteorológicos indicam a formação da ZCAS na próxima quarta-feira, 01 de dezembro de 2021. Este sistema deve ficar ativo no Brasil pelo menos até o sábado, dia 04 de dezembro.

Desta vez, o eixo da ZCAS tende a se posicionar mais ao norte (2):

Com isso, a expectativa é que os primeiros dias de dezembro sejam marcados por chuva volumosa em muitas áreas do centro-norte do Brasil. Os estados que mais devem receber chuva são: Minas Gerais, norte do Rio De Janeiro, sul e interior da Bahia, Goiás, Distrito Federal, Tocantins, Mato Grosso e sul do Pará.

Para finalizarmos a análise do CLIMATEMPO, neste período, também há previsão de grandes volumes de chuva no Espírito Santo, Maranhão, Piauí e sul do Amazonas. Confira o mapa com os volumes de chuva previstos até o dia 07 de dezembro:

Atenção!

Atenção para o risco de alagamentos, deslizamento de encostas e transbordamento de rios em vias e cidades. Aos produtores agrícolas, esse período é conhecido como invernada e atrapalha as atividades em campo, além de aumentar a umidade em solo.

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® Informação para quem produz

Siga-nos no Google News: CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados