Climatempo alerta para temporal em várias capitais nesta quinta-feira (29)

Climatempo alerta para temporal em várias capitais, confira!

A passagem de uma frente fria pelo litoral do Rio De Janeiro e do Espírito Santo, o ar quente úmido que está predominando sobre o Centro-Oeste, sobre o interior do Sudeste e na Região Norte e também a circulação de ventos sobre o Brasil, em vários níveis da atmosfera, serão responsáveis pela formação de nuvens bastante carregadas no decorrer desta quinta-feira, 29 de setembro, em várias áreas do país

Estas nuvens podem provocar fortes pancadas de chuva em pouco tempo, chuva volumosa e prolongada, além de raios e fortes rajadas de vento.

Alerta Climatempo

Por causa da passagem de uma frente fria, as capitais Rio de Janeiro e Belo Horizonte Vitória podem ter temporais.

As áreas de instabilidade que ainda se formam sobre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul deixam nuvens carregadas que podem provocar temporais em Cuiabá e em Campo Grande.

O acúmulo de calor e a umidade do ar elevada também formam nuvens carregadas na região de Rio Branco e de Porto Velho, que podem ter temporais nesta quinta-feira.

Atenção para chuva moderada a forte com raios e fortes rajadas de vento no oeste do Rio Grande do Sul, na região do Vale do Paraíba, Baixada Santista, Mantiqueira e norte de São Paulo, em Minas Gerais (exceto na divisa com a Bahia), no centro-norte do Espírito Santo no centro-sul de Goiás, no sudeste e centro-norte de Mato Grosso, no centro e oeste do Amazonas, no litoral do Pará e no sul do Amapá

Atenção para o ar seco, com umidade relativa do ar entre 21% e 30% no sudeste e leste do Pará, Tocantins, no centro, oeste e norte da Bahia, no centro, sul e leste do Maranhão, no Piauí (exceto norte do estado), no centro-sul do Ceará, no sertão da Paraíba e de Pernambuco.

Clima no mundo

Ian reduz para tempestade tropical, mas continua causando inundações e quedas generalizadas de energia na Flórida. O caminho da tempestade coloca o nordeste da Flórida, Geórgia e Carolina do Sul em alerta.

O furacão Ian deixou um caminho de destruição no sudoeste da Flórida, prendendo pessoas em casas inundadas, danificando o telhado de uma unidade de terapia intensiva hospitalar e derrubando a energia para dois milhões de pessoas antes de mirar na Costa Atlântica.

Ian agora é uma tempestade tropical

O Centro Nacional de Furacões disse que Ian se tornou uma tempestade tropical por terra no início da quinta-feira e era esperado que emergisse sobre as águas do Atlântico perto do Centro Espacial Kennedy no final do dia. As chuvas de inundação continuaram em todo o estado, e um trecho da Costa do Golfo permaneceu inundado pela água do oceano empurrada para terra pela enorme tempestade.

A inundação de tempestade severa e com risco de vida de 2,5 a 3 metros acima do nível do solo, juntamente com ondas destrutivas, está em curso ao longo da costa sudoeste da Flórida, de Englewood a Bonita Beach, incluindo Charlotte Harbor“, disse o centro.

Às 5 da manhã de quinta-feira, a tempestade estava cerca de 70 km a sudeste de Orlando e 55 km a sudoeste do Cabo Canaveral, onde a NASA no início desta semana reverteu seu foguete lunar antes da tempestade. Postagens nas redes sociais de repórteres mostraram inundações significativas nas ruas de Kissimmee, uma parada turística popular para fazer passeios diurnos aos parques temáticos da região de Orlando. (Clique aqui e leia a matéria completa sobre o furacão Ian)

Fique atento ao clima, acessa nosso caderno especial com diversos conteúdos e previsão do tempo.

Veja outras matérias sobre o tempo clicando aqui.

Fonte: Climatempo

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *