Mercado Financeiro

Confira o desempenho de exportação das carnes em outubro de 2021

Ligeira desaceleração nos embarques das carnes bovina e de frango na última semana do mês (24 a 30, cinco dias úteis) fez com que as exportações de carnes de outubro passado ficassem ainda aquém do que o AviSite havia projetado com base nos resultados registrados em 15 dos 20 dias úteis do mês

O previsto era chegar a um total de 537,8 mil toneladas. Mas os embarques efetivos de carne bovina ficaram restritos a 82.188 toneladas, volume que representou quedas de 56% sobre o mês anterior e de, praticamente, 50% sobre outubro de 2020. E como, felizmente, o preço médio do produto registrou valorização de 21,73% em relação a outubro de 2020, a queda na receita cambial foi menos aguda, apresentando redução anual de 38,5%.

Por outro lado, o aumento nas exportações das carnes suínas e de frango, embora significativo, não foi suficiente para impedir que o total das três carnes recuasse até mesmo em relação a outubro de 2020.Ao todo foram 533.086 toneladas, 0,61% a menos que um ano atrás, resultado que se refletiu também na receita cambial, pouco mais de meio por cento inferior à de outubro de 2020.

O melhor desempenho no mês foi da carne de frango, cujo volume registrou aumento anual de 22,26%, sendo acompanhado por uma melhora de quase 31% no preço médio. Como resultado, a receita do produto aumentou 60% em comparação a outubro de 2020, mas acabou ficando aquém da registrada um mês antes (queda de 4,5% sobre setembro/21).

Já a carne suína obteve aumento de, aproximadamente, 15% no volume embarcado, mas enfrentou uma redução anual de pouco mais de 4% no preço médio. Com isso, o aumento de receita do produto ficou próximo, mas abaixo dos 10%.

Por Avisite

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados