Confira o desempenho de exportação das carnes na 1ª semana de agosto/21

Desempenho exportador das carnes na primeira semana de agosto:

A julgar pelos resultados da primeira semana do mês, as exportações de carnes de agosto corrente irão superar todos os recordes anteriores.

No período – 1 a 7 de agosto, cinco dias úteis – o volume médio diário embarcado aumentou (em relação a agosto de 2020) perto de 50% para a carne bovina e pouco mais de 15% para a carne suína. Apenas a carne de frango teve expansão de volume mais modesta – +3,14%.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Se, de per si, as médias diárias já são significativas, melhor ainda é constatar que agosto corrente, com 22 dias úteis, tem um dia útil a mais que agosto de 2020. Assim, os índices atuais conduzem a aumentos anuais de volume de 55% para a carne bovina, de pouco mais de 20% para a carne suína e de 8% para a carne de frango.

Tem mais, porém. Pois enquanto o preço obtido pela carne suína registra incremento de 8,15%, o da carne bovina chega a 32,41% e o da carne de frango a quase 40%. E isto combinado com os aumentos no volume resulta em expansão ainda mais expressiva na receita cambial, que também caminha para novo recorde mensal.

Assim, projetadas as médias diárias atuais para a totalidade de agosto, a receita cambial da carne suína pode experimentar incremento anual de 30%, a da carne de frango de 43%, enquanto a da carne bovina pode mais do que dobrar, aumentando 115%. Tais desempenhos, se confirmados, irão resultar em uma receita cambial total superior a US$2,3 bilhões, valor que deixa para trás o recorde de US$1,8 bilhão alcançado em julho passado.

Confira o desempenho de exportação das carnes na 1ª semana de agosto/21

Por Avisite

AGRONEWS – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.