conecte-se conosco

Mercado Financeiro

Confira o desempenho de exportação das carnes na 1ª semana de junho

Publicado

em

exportação

Os dados da SECEX/ME relativos à primeira semana de junho (1 a 5, três dias úteis) apresentam resultados alvissareiros para as três carnes. Mas, aparentemente, podem conter algum equívoco em relação à carne de frango, visto registrarem índices de evolução muito acima do habitual não só em relação ao volume, mas – sobretudo – no tocante à receita.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Assim, enquanto indica que as médias diárias das carnes bovina e suína embarcadas no período aumentaram, respectivamente, perto de 12% e 27% em relação a junho de 2020, apontam que a de frango aumentou mais de 82%. Já no tocante à receita gerada por esses embarques, frente a aumentos de 32,85% e 56,27% das carnes bovina e suína, para a carne de frango indica incremento de quase 255% – efeito de um aumento (improvável) de quase 95% no preço médio do produto.

A tabela abaixo, com projeção dos resultados para a totalidade do mês de junho, baseia-se nos dados divulgados pela SECEX/ME. De toda forma, aguardam-se as correções.

Ah, sim! Devido ao feriado de Corpus Christi, a primeira semana de junho teve apenas três dias úteis. Mas portos e, principalmente, o carregamento de navios não param em decorrência de feriados. Ou seja: até mesmo os resultados das carnes bovina e suína podem estar distribuídos ao longo dos quatro primeiros dias do mês.

Confira o desempenho de exportação das carnes na 1ª semana de junho

Por Avisite

AGRONEWS – Informação para quem produz

Publicidade
Clique para comentar

Comente sobre esta matéria

Tendências