NotíciasMercado Financeiro

Confira o relatório safra de algodão de acordo com Abrapa

algodão

Em março de 2022, os laboratórios participantes do programa SBRHVI, promovido pela Abrapa, concluíram as análises de qualidade dos fardos da safra 2020/2021. Os produtores de algodão se concentram, agora, nas entregas dos últimos contratos de exportação e de consumo doméstico

Algodão Safra 2021/22

O algodão brasileiro foi 100% semeado e o último mês foi marcado pelo início da formação das maçãs, em grande parte das regiões produtoras. É um período decisivo para a definição do potencial produtivo. As condições climáticas têm sido favoráveis, até o momento, para o desenvolvimento em campo e a expectativa é de boas produtividades.

A estimativa de produção de algodão, na safra 21/22, subiu para 2,82 milhões de toneladas, crescimento de 19,6% em relação ao ciclo anterior. Em dezembro/21, a previsão era de 2,71 milhões de toneladas. A atualização foi apresentada pela Abrapa e pelas associações estaduais em março/22, durante a 66ª Reunião Ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (CSAD/Mapa).

O aumento da produção é resultado da recuperação de 15,2% na área plantada, que chegou a 1,579 milhão de hectares, e da alta produtividade. De acordo com o terceiro levantamento da safra de algodão 21/22, realizado em março, a previsão de produtividade é de 1.785 Kg/ha – a segunda maior da história -,3,8% acima do obtido no ciclo anterior. O recorde ocorreu na temporada 19/20, quando as lavouras brasileiras atingiram a média de 1.802 kg/ha.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

Exportação de algodão safra 2021/22

O Brasil exportou 185,8 mil toneladas de algodão em fevereiro de 2022, totalizando uma receita de US$ 366,9 milhões. O volume embarcado, em fevereiro/2022, foi 16,3% inferior ao registrado no mesmo mês de 2021.

No mês de março de 2022, os maiores compradores do algodão brasileiro foram Vietnã e Paquistão, somando 36 mil toneladas embarcadas para cada destino – o equivalente a 40% das exportações totais. Em comparação com março de 2021, as maiores quedas de importação foram registradas pela China (-33 mil toneladas) e Coréia do Sul (-8,7 mil toneladas). Por outro lado, cinco países ampliaram as compras do Brasil, com destaque para Paquistão (+16,4 mil toneladas) e Malásia (+6,0 mil toneladas).

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Exportação acumulada no ano safra (agosto/21 a março/22)

O Brasil exportou 1.382,7 mil toneladas de algodão no acumulado de agosto a março de 2022, totalizando uma receita de US$ 2,52 bilhões. O volume embarcado é 28,9% inferior ao registrado no mesmo período da safra 19/20.

No acumulado de agosto de 2021 a março de 2022, a China continua sendo o principal destino das exportações brasileiras de algodão (433 mil toneladas) e representa 31% das exportações acumuladas. Os destinos China, Paquistão e Vietnã representam 71% da queda acumulada das exportações, até o momento. Apesar do menor volume total exportado, oito países aumentaram as importações de algodão brasileiras, com destaque para Itália (+1,9 mil toneladas) e Filipinas (+1,7 mil toneladas).

  • O superávit da balança comercial do algodão brasileiro foi de US$ 2,51 bilhões, no acumulado de agosto de 2021 a março de 2022, valor 16% inferior ao mesmo período, na temporada 20/21. O preço médio da pluma embarcada foi 18,6% maior no acumulado, mas o menor volume exportado reduziu as receitas totais;
  • O volume de importação soma 4,2 mil toneladas no acumulado parcial de agosto de 2021 a março de 2022. Apesar do aumento em relação à safra passada, o volume representa apenas 0,6% do consumo doméstico total. A balança comercial em volume do algodão brasileiro também segue positiva em 21/22, somando 1,37milhão de toneladas de superávit.

Por Abrapa

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Diárias de Mercado

Algodão: indicador recua quase 9% nesta parcial de junho

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: Imea divulga o 1° relatório da colheita da safra 21/22 em MT

Diárias de Mercado

Algodão: diferença entre preços pedidos e ofertados limita negócios

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: comercialização da safra 2021/22 está em baixa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.