EspecialistasNotícias

COVID-19: Ansiedade e alimentação em momentos de crise

Vontade de comer nesta fase de quarentena a todo o momento? Vontade de beliscar a todo a hora? Tudo isso é previsível, mas lembre-se: vontade de comer é diferente de fome.

Então vamos lá, iremos esclarecer algumas coisas aqui neste artigo. Quantas vezes terminamos nosso almoço e estamos saciados, porém com vontade de comer chocolate ou aquela sobremesa cheia de creme? Saiba que isso não é fome, porque já consumimos as calorias necessárias durante a refeição.

Como entender esse mecanismo

Diante de situações como a da pandemia do COVID-19, o que ocorre é um aumento da ansiedade, ocasionando insegurança e consequentemente aumento no estresse. Tudo isso faz com que nosso sistema mesolimbico, que é o nosso sistema de recompensa, seja hiperativado.

Portanto, quando estamos estressados nosso corpo entende que precisamos ingerir carboidratos – O carboidrato é o principal macronutriente responsável em diminuir o estresse e o cortisol.

Dicas essenciais

A primeira dica é: consumir alimentos mais palatáveis, como doces e sobremesas açucaradas, logo após as refeições. Quando consumimos esses alimentos, eles se misturam junto ao bolo alimentar, gerando uma maior saciedade e menos ativação central. Quando comemos isoladamente, nossa cabeça fica mais excitada, gerando ainda mais vontade de comer, tendo uma hiperatividade da Grelina – o hormônio da fome.

leite
COVID-19: Ansiedade e alimentação em momentos de crise

A segunda dica é em relação a privação do sono, que gera vontade de comer alimentos com alta densidade calórica, como os snacks, gorduras e chocolates. Normalmente o aumento do cortisol ocorre no final da tarde – início da noite(crepúsculo). Sentindo vontade de comer nesses horários, então se alimente com: pão, ovo, salada de frutas com granola, iogurte, batidas com leite e frutas.

Siga-nos no facebook e instagram

Portanto, tenha equilíbrio nos macro nutrientes sem muita restrição, porque, no final a conta calórica vem, então não reduza muito ao longo dia, principalmente carbo, Isso vai gerar vontade de comer e em uma quantidade maior do que deveria ser consumido.

Ansiedade e alimentação em momentos de crise

Por isso durma cedo, realize exercícios em casa e mantenha uma rotina diária. Coma sim carboidratos e o pedacinho de chocolate, mas com equilíbrio é claro!

Por: Andrea Schulz – CRN 16537 – Nutricionista esportiva do Cuiabá Esporte Clube

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Artigos relacionados
Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: semana encerra com algodão em valorização

NotíciasOpinião

Hábitos de consumo adquiridos durante a pandemia de COVID-19 devem ser permanentes

Especialistas

Melão de São Caetano - Saiba tudo sobre e como usá-lo

GeralNotícias

China aumentou compras de testes PCR meses antes de anunciar Pandemia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.