CuriosidadesNotícias

Descoberto segredo da carne com espasmos

Especialistas explicam fenômeno bizarro da carne com espasmos e mesmo assim o resultado é impressionante.

Prepare-se para ser surpreendido por um fenômeno científico incrível! Um vídeo que mostra um pedaço de carne recém cortado que viralizou no Twitter e está causando alvoroço entre os internautas. Nas imagens, a proteína borbulha rapidamente diversas vezes na mão do açougueiro, mesmo após ter sido cortada há algum tempo. (vídeo impressionante no final da matéria)

Carne com espasmos

Mas você sabe qual é a explicação para esse fenômeno bizarro? É simples, mas incrível! Segundo especialistas, ao colocar sal na carne, logo após cortá-la, além de ajudar o alimento a ser conservado e retirar parte de sua água, causa também o efeito surpreendente de fazer o tecido borbulhar por alguns minutos.

Artigos relacionados

O vídeo foi originalmente publicado no Facebook, em 2020, por um açougueiro anônimo que ensinou o procedimento de salpicar a carne com sal assim que ela chega ao estabelecimento. Isso ajuda a conservar a carne por mais tempo e retira a água da superfície, causando também o efeito colateral surpreendente de fazer o tecido borbulhar por algum tempo.

O que dizem os especialistas?

Especialistas disseram que esse tipo de reação ocorre apenas em carnes muito frescas, porque os nervos ainda conservam certa energia e reagem como se estivessem “vivos“. Não é incrível? Prepare-se para ser surpreendido com a ciência por trás desse fenômeno surpreendente!

Segundo Lv Suwen, especialista do departamento de saúde das Filipinas, “o sistema nervoso central está morto, mas as terminações nervosas nos músculos ainda estão disparando, resultando no salto, porque os nervos ainda não estão mortos. Isso vai parar depois de um curto período de tempo“, disse o especialista.

O biólogo Antônio Marcos “Ninja”, professor aposentado do Instituto Federal de Educação de Mato Grosso, explica que trata-se de movimentos dos neurônios funcionais ativos, que são acionados ao entrar contato com o sal “O movimento é explicado por ação de neurônios ainda funcionais, estimulados pela presença do sal. São espasmos normais da musculatura quando são pressionados pelo açougueiro.“, completa o professor Ninja.

Mesmo com as explicações científicas, os usuários do Twitter ainda se mostraram perturbados. “Eu poderia ter passado sem essa informação…“, comentou um deles. “Fiquei arrepiado“, disse outro.

Assista o vídeo publicado e tire suas próprias conclusões. Aperte o Play! e escreva nos comentários a sua opinião sobre isso.

https://www.instagram.com/p/CnVOt21DaYS/

Por Vicente Delgado – AGRONEWS®

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo