Mercado Financeiro

Desempenho de exportação das carnes na 3ª semana de abril

Os dados da SECEX/ME divulgados na última segunda-feira (20/04) indicam que enquanto as exportações das carnes bovina e suína seguiram crescentes em relação a abril de 2019 – pela média diária embarcada nos 12 primeiros dias úteis do mês, aumento de 4,26% e 21,78%, respectivamente – as de carne de frango enfrentam ligeiro decréscimo (-0,82%)

Situação idêntica se repete na receita cambial acumulada no período: ainda pela média diária, a carne de frango registra redução próxima de 7,5% e as carnes bovina e suína incremento de 21,52% e 38,05%, respectivamente.

Siga-nos no facebook e instagram

Porém, projetados para a totalidade do mês (que tem um dia útil a menos que abril de 2019), tais resultados sofrem diluição. Assim, em termos de volume, aumenta o recuo da carne de frango (5,55% de redução), enquanto o volume de carne bovina também passa a apresentar ligeira queda (menos 0,70%. Ou seja: permanecem em expansão somente os embarques de carne suína, cuja incremento no mês é estimado, por ora, em cerca de 16%.

Tabela Divulgação Avisite

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/mato-grosso-avanca-mesmo-durante-a-pandemia-covid-19/

Fonte: Avisite

Artigos relacionados
Mercado FinanceiroNotícias

Carne de frango: margens do produto exportado se mantêm estáveis

Diárias de Mercado

Frango: preço médio da carne recua nesta parcial de maio

Mercado Financeiro

Carne bovina obtém, na exportação, o melhor quadrimestre de todos os tempos

Diárias de Mercado

Suínos: média de preço da carne na parcial de maio está acima de abril

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.