Mercado Financeiro

Desempenho do frango vivo e abatido na 8ª semana do ano

Ao contrário do ocorrido um ano atrás – ocasião em que, antes mesmo da virada da primeira para a segunda quinzena, enfrentou forte retrocesso de preços – o frango abatido resfriado comercializado no Grande Atacado da cidade de São Paulo entrou na segunda metade de fevereiro experimentando valorização que lhe garantiu cotação (média de R$4,25/kg) correspondente ao melhor resultado das últimas cinco semanas.

Vale reconhecer, entretanto, que esse desempenho foi determinado não tanto pelas condições de mercado e, sim, pela aproximação do Carnaval, período em que abates e comercialização se tornam irregulares. Ou seja: as compras foram preventivamente antecipadas, dando sustentação a melhores cotações.

Como, no momento, há uma lacuna a ser preenchida, é provável que demanda e cotações se mantenham. De toda forma, já há uma sinalização – vinda do frango vivo – de que os negócios da semana terão todas as características de um final de mês, com vendas em baixa.

Siga-nos no facebook e instagram

A propósito do frango vivo: a firmeza de mercado que propiciou duas altas praticamente consecutivas na segunda semana do mês foi efêmera. Pois na semana que passou o mercado paulista voltou a se tornar calmo, situação que se estendeu ao mercado mineiro. Assim, embora as cotações tenham permanecido inalteradas – R$3,30/kg e R$3,60/kg, respectivamente – as vendas já não apresentam o dinamismo anterior.

Desempenho do frango vivo e abatido na 8ª semana do ano

AGRONEWS BRASIL – INFORMAÇÃO PARA QUEM PRODUZ

Fonte: Avisite

Artigos relacionados
Diárias de Mercado

Frango: poder de compra recua em junho em 2022

Mercado FinanceiroNotícias

Veja a evolução das exportações de carne de frango em 10 anos

Mercado FinanceiroNotícias

Custos de produção de suínos caem em maio; produzir frango ficou mais caro em 2022

Diárias de Mercado

Frango: receita de exportação é recorde em 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.