Mercado Financeiro

Desempenho do suíno, boi e frango vivo durante mês de março 2020

Comparando-se os preços (preliminares) recebidos pelo produtor em março corrente com aqueles registrados um ano atrás, surpreende constatar que o frango vivo tende a encerrar o corrente período com uma valorização de apenas 1,24%, enquanto a valorização do boi em pé chega aos 30% e a do suíno vivo a mais de 40%

Mas, neste caso, é inevitável lembrar que em março de 2019 a comercialização do frango vivo apresentou dinamismo inesperado para aquele momento (primeiro trimestre do ano). Tanto que, enquanto a cotação do boi, por exemplo, apresentava variação anual de pouco mais de 6%, a do frango vivo registrava incremento próximo de 40%.

Siga-nos no facebook e instagram

Porém, comparativamente a março de 2018, frango e boi voltam ao mesmo compasso, ambos registrando variação de 38%. E o que foge ao normal, aqui, é o suíno, com valorização superior a 80% – não porque se encontre supervalorizado, mas por enfrentar preços extremamente baixos em 2018.

De toda forma, não escapa que, frente ao preço apenas 1,24% superior ao de um ano atrás, o frango vivo convive com um aumento de 40% no milho e de 28% no farelo de soja.

Em 2019, graças à boa relação de preços entre os três produtos, o produtor e toda a avicultura de corte recuperou-se dos prejuízos acumulados nos três anos anteriores. Agora – independentemente até dos desdobramentos que a pandemia venha a exercer sobre a economia – passam, novamente, a enfrentar perdas que podem se intensificar no decorrer do ano.

Tabela Divulgação Avisite

AGRONEWS BRASIL – INFORMAÇÃO PARA QUEM PRODUZ

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/producao-de-leite-silagem-com-nova-cultivar-e-57-mais-barata-que-milho/

Fonte: Avisite

Artigos relacionados
Mercado FinanceiroNotícias

Carne de frango: margens do produto exportado se mantêm estáveis

Diárias de Mercado

Frango: preço médio da carne recua nesta parcial de maio

Diárias de Mercado

Suínos: média de preço da carne na parcial de maio está acima de abril

Diárias de Mercado

Boi: com maior investimento de pecuaristas, abate tem recuperação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.