Infomercados BRNotícias

Dólar alto impulsiona a geração de caixa das grandes empresas do agro

Um dos maiores players, com presença marcante no Centro-Oeste, em todas das pontas da cadeia de grãos, sai fortalecido nos primeiros nove meses do ano

Por Giovanni Lorenzon – AGRONEWS®

As cotações das commodities, especialmente no primeiro semestre, e, mais ainda, a alta do dólar, fazem a diferença para as grandes empresas nacionais.

A Caramaru Alimentos é uma delas.

Deixou para trás os nove primeiros meses do ano com um incremento no lucro líquido de 224,3% e um Ebitda de 57,8% (mais 7,71% ajustado) sobre janeiro a setembro de 2020.

Os resultados, respectivamente R$ 287 e R$ 425,62 milhões, foram extraídos da receita bruta recorde de R$ 5,58 bilhões, acréscimo de 21,12%, que o grupo reputa, em grande parte, aos preços internacionais das commodities e aos ganhos cambiais.

Uma das maiores firmas nacionais, integrada em produção (soja, milho, girassol e canola), trading, logística (operação em hidrovias e terminais portuários), processamento, marcas de consumo (farinha Sinhá, a mais conhecida) e biodiesel – e em vias de virar produtora de etanol de soja, a Caramuru também diminui sua alavancagem.

No relatório acessado por Infomercadobe, a dívida líquida regista R$ 1,94 bilhão, versus R$ 2,05 bilhões sobre os nove primeiros meses do ano fiscal anterior, mas na relação dívida líquida-Ebitda/12 meses a redução foi considerada mais relevante, 3,4x em 2021 contra 5,5x de 2020.

Em termos de movimentação de produtos, porém, aí que ficam mais evidenciados os resultados apurados graças aos preços e o fator cambial.

Vendeu menos, mas ganhou mais.

Entre os principais ativos de negócios do grupo da família Borge de Souza, o principal teve redução operacional.

Na originação de grãos, ano contra ano, houve uma queda de 12,51%, fechando no período relativo a 2021 em 2,45 milhões de toneladas. O atraso no início da colheita da soja, depois do plantio tardio de 2020 ante a seca, foi a principal causa, que se refletiu, igualmente, no volume do milho safrinha.

Sem prejuízo do processamento, destaca o balanço, “uma vez que prestamos também serviços de recebimento e armazenagem para esta commodity”.

Em biodiesel, por exemplo, a comercialização teve um impacto leve, de 3,3 mil toneladas a menos, concluída em 295,28 mil/t.

AGRONEWS® Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados