Mercado Financeiro

Em maio, produtor de ovos comercializou seu produto por 41% do valor praticado

A pesquisa mensal divulgada pela Fundação Procon em convênio com o Dieese aponta que a cesta básica em maio apresentou aumento de 0,8%, enquanto o grupo dos alimentos apontou aumento de 1,1%. Mas a dúzia de ovos esteve fora dos produtos que contribuíram com esse aumento, visto que seu preço apresentou retração mensal de 3,5%.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Na base de produção, por sua vez, o retrocesso foi bem maior, com o preço involuindo 7,5%. De toda forma, na comparação em doze meses atingiu crescimento bem superior ao recebido no comércio varejista.

O resultado foi um preço médio alcançando quase 41% do valor recebido no varejo em maio último, significando perda na relação mensal e ganho na comparação em doze meses.

Em junho, o preço médio alcançado na base produtiva aponta para a possibilidade dessa relação continuar permanecendo acima dos 40%. Mas isso ainda tem pouco significado para o produtor de ovos que continua tendo dificuldade em restabelecer a saúde financeira de sua empresa, afetada significativamente pelo aumento da ração desde o segundo semestre do ano passado.

ovos
Em maio, produtor de ovos comercializou seu produto por 41% do valor praticado

Por Ovosite

AGRONEWS – Informação para quem produz

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados