Em MT, armazéns de exportação para China e Rússia são inspecionados pela Conab

A equipe técnica da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) concluiu as inspeções nas unidades de armazenamento de Mato Grosso que exportam para a China e a Rússia na última semana.

A inspeção incluiu a atualização dos dados de armazenamento da região e foi realizada em 88 unidades de armazenamento no estado.

O objetivo era atualizar o Sistema Integrado de Produtos e Estabelecimentos Agropecuários (Sipeagro) para evitar riscos nas relações comerciais com esses países importadores, que são importantes mercados para o Brasil.

A ação foi realizada com base no Termo de Execução Descentralizada (TED 02/2022) assinado pela Conab e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), devido à experiência técnica da Conab na área de armazenamento e à sua responsabilidade pela administração e controle dos registros no Cadastro Nacional de Unidades Armazenadoras.

Além disso, os técnicos também iniciaram o Censo de Armazenamento 2022/23, que coletará informações sobre a estrutura de armazenamento do Brasil, incluindo capacidade de armazenamento, capacidade operacional, funções e tipos de armazéns.

Até o momento, foi observado um aumento de cerca de 4,6 milhões de toneladas em Mato Grosso. O Censo será concluído no próximo ano.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *