Mercado FinanceiroNotícias

Etanol fecha maio com alta de mais de 3%, aponta Ticket Log

etanol

Em relação ao início do ano, o litro da gasolina já está 9,8% mais caro e o do etanol 6,3%

O preço médio do litro da gasolina fechou o mês de maio a R$ 7,54, alta de 0,67% no comparativo com o mês de abril. Já o etanol continua registrando altas mais expressivas em relação à gasolina e encerrou o mês a R$ 6,12, alta de 3,14%, se comparado ao mês anterior. Os dados são do último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL).

“Em relação ao início do ano, o motorista brasileiro já está pagando 9,8% mais caro no litro da gasolina e 6,3% a mais pelo etanol. No comparativo com um ano atrás, os acréscimos chegam a 30% para a gasolina e a 26,9% para o etanol, segundo o último levantamento da Ticket Log”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

Nenhuma região brasileira apresentou recuo no valor dos dois combustíveis, e, assim como em abril, o Nordeste segue liderando com o maior preço médio para a gasolina, comercializada a R$ 7,64, com alta de 0,80% em relação a abril. A menor média para esse combustível foi registrada nos postos da Região Sul, a R$ 7,19.

Bem como no início de maio, o litro mais caro para o etanol deixou de ser comercializado nos postos do Norte, como ocorreu em abril, e passou a ser registrado nas bombas da Região Sul neste fechamento de mês, a R$ 6,30, com alta de 3,13%. Já a menor média para o etanol segue sendo registrada no Centro-Oeste, a R$ 5,67 e o menor acréscimo no preço médio, de 1,58%, em relação às demais regiões.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Na análise por Estado, apenas seis registraram algum recuo no preço do litro da gasolina: Rio Grande do Norte (-1,45%); Pernambuco (-0,54%); Maranhão (-0,24%); Tocantins (-0,17%); Alagoas (-0,12%); Minas Gerais (-0,09%), como também no Distrito Federal (-0,12). A Bahia se destacou com o maior aumento no valor do combustível (5,69%), que passou de R$ 7,365 para R$ 7,784. O Piauí comercializou o litro da gasolina com a maior média, de R$ 8,16, alta de 0,16%, e o Rio Grande do Sul registrou a média mais barata (R$ 7,00).

Entre todos os Estados, o etanol apresentou recuo apenas em Goiás, de -0,38%, onde o valor passou de R$ 5,22 para R$ 5,20. O destaque para a alta ficou com o Ceará (8,57%), onde o preço médio passou de R$ 6,13 para R$ 6,65. Os postos de abastecimento do Pará venderam o combustível pela maior média (R$ 6,81), alta de 1,93%, e São Paulo a menor, a R$ 5,10.

“Vale ressaltar que, mesmo sendo a região com os maiores recuos no preço da gasolina, o Nordeste mantém as maiores variações de alta no preço dos dois combustíveis. De acordo com o último IPTL, este fechamento de mês o etanol se apresenta como opção mais vantajosa para abastecimento nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso, diferentemente do início do mês, que constou apenas Goiás e Mato Grosso”, finaliza Pina.

Por Ticket Log

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
CuriosidadesNotícias

Veja como é calculado o preço da gasolina

Diárias de Mercado

Etanol: liquidez é baixa e preços sobem, diz Cepea

Mercado Financeiro

Centro-Oeste fecha etanol por R$ 5,48 sendo menor média do País, diz Ticket Log

Mercado FinanceiroNotícias

Preço médio da gasolina e do etanol seguem em queda, aponta Ticket Log

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.