Diárias de Mercado

Etanol: preço do petróleo e início da moagem no país seguem pressionando hidratado

O início da moagem de cana-de-açúcar em um pequeno número de usinas em São Paulo e o forte recuo do preço do petróleo pressionaram as cotações dos etanóis hidratado e anidro no mercado paulista e também em outros estados do Centro-Sul – exceto em Mato Grosso

Segundo pesquisadores do Cepea, esse forte movimento de baixa se deve à guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia. Na última semana, inclusive, o petróleo registrou a maior desvalorização desde a Guerra do Golfo Pérsico, em 1991. Além disso, a participação de compradores no mercado interno de etanol está baixa, o que tem reduzido a liquidez – esses demandantes estão à espera de uma maior entrada do biocombustível no mercado nas próximas semanas.

Siga-nos no facebook e instagram

Diante disso, entre 9 e 13 de março, o volume negociado de etanol hidratado captado pelo Cepea foi baixo, sendo 6,54% inferior ao da semana anterior. No mesmo período, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou a R$ 1,9437/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), forte recuo de 7,79% em relação ao da semana anterior. No caso do etanol anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 2,1558/litro (sem PIS/Cofins), queda de 5,11% no mesmo comparativo.

AGRONEWS BRASIL – INFORMAÇÃO PARA QUEM PRODUZ

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/producao-de-leite-silagem-com-nova-cultivar-e-57-mais-barata-que-milho/

Fonte: Cepea

Artigos relacionados
Diárias de Mercado

Etanol: hidratado volta a cair em São Paulo, confira!

Mercado FinanceiroNotícias

Preço do diesel tem alta na maioria dos postos, diz Ticket Log

Mercado FinanceiroNotícias

Preço da gasolina registra 3ª alta consecutiva na média nacional, diz Ticket Log

Diárias de Mercado

Etanol: indicador do hidratado volta a subir em São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.