Mercado Financeiro

Exportações de arroz ultrapassam 1,8 milhão de ton, diz Abiarroz

As exportações brasileiras de arroz (base casca) totalizaram 1,83 milhão de toneladas de janeiro a novembro de 2022, com receita de US$ 568,9 milhões, contra 981,6 mil toneladas embarcadas de igual período de 2021, quando o faturamento foi de US$ 316,2 milhões

O resultado do acumulado do ano representa um crescimento de 186% em volume e de 80% em receita. Os números foram divulgados nesta sexta-feira (9) pela Abiarroz, com base em dados do Ministério da Economia.

Em novembro, segundo a associação, os envios do cereal para o mercado externo somaram 159,7 mil toneladas, o equivalente a US$ 55,4 milhões. Em igual mês de 2021, as exportações alcançaram 26,3 mil toneladas, com receita de 9,94 milhões.

Diretor de Assuntos Internacionais da Abiarroz, Gustavo Trevisan diz que o volume de exportações do cereal em 2022 está próximo da projeção da entidade, que espera fechar o ano com embarques de cerca de 2 milhões de toneladas.

Artigos relacionados

Trevisan explica também por que ocorreu uma grande diferença entre os percentuais da quantidade enviada ao exterior e de faturamento das exportações. “Essa diferença de percentual – 186% em volume e 80% em receita – se deve a uma maior participação da matéria-prima nos embarques neste período”, pontua Trevisan.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Arroz beneficiado

A gerente de Exportação da Abiarroz, Carolina Matos, acrescenta que as vendas externas de arroz beneficiado, de maior valor agregado, atingiram 483,7 mil toneladas de janeiro a novembro, com receita de US$ 167,6 milhões.

No mês passado, as exportações do cereal beneficiado totalizaram 35,4 mil toneladas, com divisas de US$ 13,8 milhões. Os principais importadores foram Argélia, Estados Unidos, Cabo Verde, Peru, Venezuela, Angola, Trinidad e Tobago, Barbados, Bolívia e São Tomé e Príncipe.

Ela informa que há previsão de aumento das exportações de beneficiado ainda este ano. Em 2022, foram realizadas cerca de 10 ações para promoção do cereal beneficiado brasileiro, por meio do projeto Brazilian Rice, uma parceria de mais de uma década entre a Abiarroz e a ApexBrasil.

Na última semana, entre 30 de novembro e 1º de dezembro, a equipe da entidade promoveu reuniões com 14 adidos agrícolas, em Brasília, para apresentar o produto e abrir novos mercados à exportação do arroz beneficiado. “Tivemos algumas notícias boas e esperamos abrir novos mercados para o arroz beneficiado em breve”, afirma Carolina.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo