Exportações de carne suína superam 100 mil ton em dezembro

Embarques de carne suína de dezembro são 14,6% maiores em relação ao mesmo período de 2021; desempenho do segundo semestre é o maior já registrado pelo setor; embarques totais de 2022 é 1,4% menor em relação ao ano anterior

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informa que as exportações brasileiras de carne suína (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram 102,8 mil toneladas em dezembro, volume 14,6% superior ao registrado no décimo segundo mês de 2021, com 89,7 mil toneladas.

Em receita, a alta chegou a 32,5%, com US$ 253,8 milhões em dezembro do ano passado, contra US$ 191,5 milhões em 2021.

Com o desempenho da carne suína registrado em dezembro, as exportações totais de 2022 alcançaram 1,120 milhão de toneladas, volume 1,4% menor que o registrado no mesmo período do ano anterior, com 1,137 milhão de toneladas.

A receita total gerada no ano passado chegou a US$ 2,572 bilhões, resultado 2,6% menor que o registrado em 2021, com US$ 2,641 bilhões.

No levantamento por países, a China (principal destino) importou 53,5 mil toneladas em dezembro, volume 79,6% maior que o realizado no mesmo período de 2021, com 29,8 mil toneladas. Outros destaques foram o Chile, com 5,8 mil toneladas (+68,7%), Uruguai, com 4,4 mil toneladas (+3,8%) e Angola, com 3,6 mil toneladas (+84%).

De acordo com o presidente da ABPA, Ricardo Santin, a média mensal de exportações de carne suína em volume registradas no segundo semestre de 2022 é a maior da história, e contribuiu para que os embarques do ano alcançassem números próximos ao registrado em 2021 – ano de recorde histórico para o setor.

“As vendas mensais registradas desde julho até dezembro se estabeleceram em média acima de 100 mil toneladas, algo inédito para o setor, que recuperou o desempenho visto no primeiro semestre, com média de 85 mil toneladas. As divisas geradas reduziram a pressão resultante dos atuais patamares de custos de produção, que são históricos”, avalia Santin.

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *