Exportações de ovos cresce 26,6% em outubro

A receita das exportações brasileiras de ovos (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram em outubro US$ 1,725 milhão, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA)

O número supera em 26,6% o resultado alcançado no mesmo período do ano passado, com US$ 1,363 milhão. Em volume, as vendas de ovos chegaram a 587 toneladas, volume 28,4% menor que o registrado no mesmo período de 2021, com 819 toneladas.

No ano (janeiro a outubro), a alta acumulada nas exportações de ovos chega a 52,3%, com US$ 19,657 milhões, contra US$ 12,903 milhões em 2021. O resultado também é positivo em volume, com 8,649 mil toneladas, número 6,1% maior que o acumulado nos 10 primeiros meses de 2021, com 8,148 mil toneladas.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Principal destino das exportações de ovos, as vendas para os Emirados Árabes Unidos geraram receita de US$ 5,520 milhões entre janeiro e outubro, resultado 9,3% maior que o registrado no mesmo período do ano anterior. Outros destaques foram o Japão, com U$ 5,085 milhões (+164%) e o Catar, país sede da Copa do Mundo, com US$ 1,784 milhões (+253%).

“As vendas internacionais de ovos e ovo-produto do Brasil estão ganhando nova configuração, com uma expressiva elevação da relevância do mercado japonês para os resultados do ano, assim como está ocorrendo com o Catar, que aumentou sua demanda diante do grande volume de visitantes estrangeiros com o evento esportivo internacional”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *