Diárias de Mercado

Exportações do etanol são intensas em 2022

Demanda interna do etanol cai neste ano de 2022

Enquanto as exportações brasileiras de etanol foram expressivas ao longo da safra 2022/23, a demanda interna por hidratado seguiu desaquecida. Isso porque, segundo pesquisadores do cepea, com o aumento das vendas de gasolina C nas bombas – devido à vantagem competitiva de preço –, a procura por etanol anidro cresceu, em detrimento da demanda pelo hidratado. Nesse cenário, os preços dos etanóis hidratado e anidro nas usinas foram pressionados na parcial da safra 2022/23.

Cálculos do Cepea mostram recuos de 13,8% e de 12,8% nos preços do hidratado e do anidro, respectivamente, na parcial da atual safra frente aos da anterior – em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IGP-M de novembro), com médias de R$ 2,8826/litro e de R$ 3,2852/litro entre abril e novembro/22.

Quanto à liquidez do etanol, o cenário foi de poucos negócios entre abril e novembro, visto que compradores consultados pelo Cepea se mostraram cautelosos. A indefinição tributária sobre os combustíveis tem preocupado os agentes do mercado, que aguardam por um posicionamento do governo para, então, definirem suas metas para o próximo ano.

Artigos relacionados

Fonte: Cepea

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Acredito que este país realmente não pode ser levado a sério.
    Um dos únicos países do globo que tem autonomia energética de combustível sustentável.
    Temos a solução pra nós brasileiros, mas insistimos numa dependência política energética retrógrada e insustentável. E o pior, tentamos resolver o problema dos países ricos sendo que os países ricos não dá a mínima pra situação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo