Notícias

Famato devota apoio à construção do Parque das Águas

O setor agropecuário de Mato Grosso deve conhecer, durante a reunião do Fórum Agro, o projeto de construção do Parque das Águas, de execução da Prefeitura de Cuiabá no entorno da Lagoa do Paiaguás, no Centro Político Administrativo. A ideia partiu da diretoria da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) nesta terça-feira (06/10), durante reunião com o secretário de Cultura do município, Alberto Machado, o Beto, e o deputado José Eduardo Botelho, em visita à sede da entidade. O governo de Cuiabá e a Assembleia Legislativa, co-financiadora do projeto, contam com o apoio das entidades do agronegócio.

“Essa obra é de suma importância para Cuiabá porque vai beneficiar toda população aqui do entorno e da Capital. A Famato vai fazer o apoio institucional e, também, procuraremos apoio financeiro perante o setor. Então, este é o compromisso que nós estamos assumindo nesse momento”, disse o presidente do Sistema Famato/Senar, Rui Prado, após a reunião.

A obra, que deve abranger uma área de cerca de 270 mil metros quadrados com uma faixa de urbanização, parques, mirante, estacionamento, locais de contemplação, dentre outras alternativas, no entorno da lagoa, já iniciou. De acordo com o secretário de Cultura, a fase é de terraplanagem e demarcação.

“Vamos aproveitar esse tempo aí que as chuvas ainda não começaram para fazer terraplanagem e todas as marcações necessárias para que a obra não atrase e ocorra dentro do cronograma de oito meses”, disse Beto. Ele informou que o custo inicial é de aproximados R$ 9,5 milhões, mas o município espera angariar um pouco mais de recursos para instalar uma fonte luminosa no centro da lagoa e melhorar as áreas do entorno. A expectativa é que o local se torne um ponto turístico da Capital, que funcionará sobretudo à noite.

“Essa obra, além de embelezar essa região, vai criar um ponto de lazer especialmente para aqueles que trabalham por aqui. Ela tem vocação noturna, vai ser também um ponto turístico da cidade. Estamos num momento difícil, em que todos estão com baixa arrecadação, prefeitura, governo do Estado. Sendo assim, estamos aqui para que haja uma parceria dessas entidades como a Famato, porque cada um contribuindo com uma parte pequena, todos juntos dando as mãos, conseguiremos fazer esse Parque das Águas”, ponderou o deputado Botelho.

Rui Prado reiterou que levará o pleito à reunião do Fórum Agro e buscará o apoio financeiro das demais entidades do setor produtivo. “Teremos uma reunião do Fórum Agro, do qual participam todas as principais entidades do agronegócio de Mato Grosso, e nós levaremos sim esse projeto lá a pedido do deputado Botelho e do prefeito Mauro Mendes”.

Fonte (FAMATO)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo