Diárias de Mercado

Frango: paralisações enfraquecem procura e valores seguem recuando

20080409_ld_0134-2-1

As recentes paralisações por conta da pandemia do novo coronavírus já têm enfraquecido a demanda doméstica por carne de frango

Assim, agentes do setor têm reajustado negativamente as cotações da proteína. Segundo colaboradores do Cepea, as suspensões das aulas reduziram a procura pela carne avícola para merendas escolares.

Siga-nos no facebook e instagram

Vale lembrar que essa queda nos preços interrompeu o movimento de recuperação que estava sendo observado no setor desde a segunda quinzena de fevereiro e que era sustentado pelo aumento de pedidos de mercados, no intuito de prepararem seus estoques. Nos mercados de cortes e do frango vivo, a tendência foi a mesma.

As exportações também já apresentam queda neste mês – nos 10 primeiros dias úteis de março, os embarques de carne de frango perderam o ritmo aquecido que vinham registrando. Conforme relatório parcial da Secex, as exportações de carne de frango in natura têm tido média de 15 mil toneladas/dia, recuo de 16,7% frente ao observado em fevereiro e ainda 10,2% abaixo da média diária de março/19.

AGRONEWS BRASIL – INFORMAÇÃO PARA QUEM PRODUZ

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/producao-de-leite-silagem-com-nova-cultivar-e-57-mais-barata-que-milho/

Fonte: Cepea

Artigos relacionados
GeralNotícias

Influenza Aviária: nos EUA, surtos diminuem no mês de maio de 2022

Mercado Financeiro

Carne de frango: receita cambial segue com recordes

Mercado Financeiro

Ovos: evolução de preços alcança 5,3% no decorrer de maio de 2022

Diárias de Mercado

Frango: preços da carne recuam em todas as regiões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.