Mato GrossoNotícias

Funrural: STF isenta pagamento da taxa para exportações indiretas

Importante frisar que as contribuições em folha de salários não irão gerar direito de dedução do passivo, já que não houve retenção no faturamento.

O Supremo Tribunal Federal (STF) fixou entendimento no sentido de que as exportações indiretas feitas pelo produtor rural via tradings são isentas da cobrança de Funrural. A decisão abre importante precedente, já que parte do passivo do Funrural pode ser extinto. Orientamos que os produtores busquem junto aos compradores os Memorandos de Exportações dos últimos 5 anos para requerer a impugnação dos débitos, parcelados ou não em Refis.

Importante frisar que as contribuições em folha de salários não irão gerar direito de dedução do passivo, já que não houve retenção no faturamento.

Por fim, a Aprosoja orienta o produtor associado a requerer, não só os memorandos de exportação dos últimos 5 anos, mas também àquele que continuar contribuindo através do faturamento, os memorandos das exportações indiretas que ocorrerem de agora em diante.

De acordo com o Convênio CONFAZ nº 84/2009, § 1º da cláusula quarta, até o último dia do mês seguinte ao embarque da mercadoria para o exterior, o estabelecimento exportador deverá encaminhar ao produtor o Memorando de Exportação. Exija o cumprimento desta norma!

Fonte: Ascom Aprosoja

Artigos relacionados
Mato GrossoGeralNotícias

Em MT, Sema monitora animais silvestres da Estrada do Pantanal, confira!

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: Imea divulga o 1° relatório da colheita da safra 21/22 em MT

Mercado FinanceiroNotícias

Soja: esmagamento do grão em MT foi recorde em 2022

Mercado FinanceiroNotícias

Milho: confira o custeio da safra 2022/23 em Mato Grosso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.